Futebol: Brasileiros querem relançar SAD do Anadia com 1ª Liga em mente

3310
Foto partilhada no Facebook do Anadia SAD.

A Anadia Futebol Clube – Futebol SAD passou a ser controlada por investidores brasileiros, ocupando a posição da empresa japonesa que estava à frente da gestão praticamente desde a criação, há três anos.

O gestor Rodolfo Kussarev Junior sucede a Akira Nakamura na presidência, tendo como ‘braço direito’ o vogal José Vitor Roque Junior (antigo jogador internacional brasileiro). O conselho de administração fica completo com o segundo vogal, que continua a ser ocupado por Vasco Oliveira, presidente da direção do Anadia FC, em representação do clube.

O novo responsável máximo da SAD tem grande experiência na direção de clubes brasileiros (Santos, Paulista, São José, Corinthians e Flamengo). Participou, também, na criação do clube-empresa ‘Red Bull Brasil’, a que presidiu. Trabalha como consultor em gestão e investimento no futebol no Brasil e em Portugal. Já Roque Junior, campeão mundial em 2002, que fez carreira na Europa (AC Milan e Bayer Leverkussen), tem trabalhado, ultimamente, também, na gestão de clubes brasileiros.

O presidente e vogal da Anadia FC SAD surgiram referenciados como tendo prestado consultadoria aquando da venda do clube brasileiro histórico , no final de 2022, ao Grupo City, uma das maiores franquias do futebol mundial que já administra 11 clubes, entre eles o Manchester City.

Segundo Vasco Oliveira, presidente do clube, a mudança ocorreu por força de dificuldades sentidas pelo anterior acionista maioritário em gerir o futebol sénior, enfrentando muitos problemas, incluindo financeiros. Os investidores brasileiros tomaram conta da SAD ainda a equipa lutava pela manutenção na Liga 3, o que foi alcançado. Agora espera-se um novo fôlego ao projeto do Anadia.

“O anterior administrador e principal acionista estava mal aconselhado. Um grupo de pessoas aproveitaram-se dele. Sabiam que não tinha capacidade para a gestão da equipa e tiraram proveito disso. Temos pena, porque, também, não percebeu que a nossa intenção era ajudar”, lamentou o dirigente do Anadia FC ao referir-se ao desempenho do presidente cessante.

Quando a direção do clube percebeu que a SAD estava a enfrentar dificuldades, com “muitas dívidas” ao plantel, fornecedores e outros credores, surgiu a oportunidade de dar novo rumo. “Os novos investidores apareceram no momento certo e têm como objetivo chegar à primeira liga. O clube está atento, porque também sabem que dependem de nós”, concluiu Vasco Oliveira.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.