Furtos de combustível e gás motivam queixas

2018
Furto de combustível (Imagem de arquivo).

Os casos de furtos de combustível e garrafas de gás continuam a motivar queixas junto das autoridades policais nas semanas mais recentes.

No que toca aos combustíveis, os camiões pesados aparecem sempre como um alvo preferencial dos larápios.

De uma viatura de mercadorias estacionada numa empresa de Águeda foram subtraídos 400 litros de gasóleo.

Numa área de serviço da A25, em Aveiro, foram furtados 700 litros do tanque de um veículo ali parqueado.

As botijas de gás são também muito procuradas pelos ‘amigos do alheio’. Em Oliveira de Azeméis, uma dezena de garrafas avaliadas em meio milhar de euros foram levadas por desconhecidos de um posto de combustíveis.

No concelho de Vagos, desapareceram quatro botijas de gás de um estabelecimento comercial.

Publicidade, Serviços & Donativos