Feira: ‘Máquina de Memórias’ exposta no Museu do Papel

541
'Máquina do Tempo'.
Smartfire 728×90 – 1

No âmbito das Jornadas Europeias do Património, a ‘Máquina de Memórias’ do artista plástico Patrick Hubmann, apresentada ao público pela primeira vez no Festival Imaginarius, fica exposta, no Museu do Papel Terras de Santa Maria.
 
Máquina de Memórias reúne as memórias de uma comunidade composta por 140 mil feirenses. Através de 120 participantes, dos 17 aos 101 anos de idade, partilham-se objetos, histórias, vivências e saber-fazer que traduzem a memória individual e coletiva. As memórias foram materializadas com a construção da máquina que apresenta uma estrutura com carril onde pequenos carrinhos se movem transportando objetos. Cada objeto tem um código que corresponde a um vídeo e o seu movimento despoleta a exibição da memória respetiva.

A instalação é do artista plástico Patrick Hubmann, em colaboração com Vera Alvelos, Ricardo Falcão e João Miguel Ferreira, e foi exibida pela primeira vez durante o Festival Imaginarius, inserida no projeto 140 mil memórias.

Depois do Mercado Municipal e Museu Convento dos Lóios, chega a vez do Museu do Papel Terras de Santa Maria, em Paços de Brandão, ser casa temporária da obra, de 27 de setembro a 17 de novembro, com visita gratuita.

A iniciativa está inserida nas Jornadas Europeias do Património, que decorrem este fim-de-semana e às quais o Museu do Papel se associa, celebrando o tema deste ano ‘Património nas Artes e no Lazer’. O evento cultural pretende destacar “as muitas facetas do património ligadas às artes como fonte de entretenimento, que nos permitem a todos viver outras dimensões da vida quotidiana, apropriando-nos de uma parte da cultura, tornando-nos autores, especialistas, guardiões e protagonistas”.

Publicidade, Serviços & Donativos