Feira: Homem tinha câmaras para controlar rotinas de ex-companheira

782
Apreensão de armas e outros artigos (GNR).

A GNR constituiu arguido um homem de 56 anos por violência doméstica no concelho de Santa Maria da Feira, que teria instaladas câmaras de videovigilância “para controlar as rotinas diárias da vítima”.

No âmbito de uma investigação, os militares da Guarda apuraram que “o suspeito perseguia e exercia controlo, violência física, verbal e psicológica, sobre a vítima, sua ex-companheira de 36 anos, causando-lhe medo e inquietação.”

No decorrer das diligências policiais, acrescenta a Guarda, foi dado cumprimento a três mandados de busca, duas domiciliárias e uma em veículo, o que “culminou na apreensão de armas e munições como medida cautelar”.

A GNR apreendeu, concretamente, três caçadeiras, uma arma de ar comprimido 1.254 munições, um aerossol de defesa e um dispositivo de gravação de som e imagem e quatro câmaras de videovigilância.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira.

“A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe”, apela GNR.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.