Estarreja na lista de finalistas candidatos ao ‘Prémio Folha Verde 2026’

245
BIORIA, Estarreja.

O município de Estarreja está na lista de finalistas candidatos ao ‘Prémio Folha Verde 2026’, um concurso promovido pela Comissão Europeia para “destacar e recompensar os esforços das cidades na redução do seu impacte ambiental local e global, melhorando a qualidade de vida dos seus residentes.” Águeda é o outro concelho da região concorrente.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Os prémios ‘Cidade Verde’ incluem dois títulos: a ‘Capital Verde da Europa’ (EGC) para cidades com mais de 100.000 habitantes e a ‘Folha Verde da Europa’ (EGL), a que podem concorrer cidades mais pequenas, com 20.000 habitantes.

Os prémios “reconhecem e recompensam a ação local no sentido de uma transição para um futuro mais ecológico e sustentável”. São atribuídos tendo em conta um conjunto de indicadores ambientais, nomeadamente, a qualidade do ar e da água, a biodiversidade, zonas verdes e utilização sustentável dos solos, resíduos e economia circular, ruído, combate e adaptação contra as alterações climáticas.

As cidades europeias que competem para o Prémio Folha Verde 2026 são: Águeda (Portugal), Esplugues de Llobregat (Spain), Estarreja (Portugal), Garges-Lès-Gonesse (France), Livry-Gargan (France), Mafra (Portugal), Olbia (Italy), Pszczyna (Poland), Saint-Quentin (France), Sant Boi de Llobregat (Spain), Sant Joan Despí (Spain), e Vaasa (Finland).

Os vencedores serão anunciados na edição deste ano da Capital Verde Europeia, em Valência (Espanha), a 24 de outubro de 2024. A cidade vencedora do título Capital Verde Europeia também receberá um prémio de 600.000 euros para concretizar a sua estratégia, já o montante para o título de cidade “Folha Verde Europeia” será de 200.000 euros.

Discurso direto

“A ambição de virmos a ser reconhecidos com este galardão, que assumimos como objetivo do nosso ‘Compromisso Verde’, todo o processo de elaboração da candidatura permite-nos perceber o caminho já percorrido, nas várias áreas em avaliação, e o muito que ainda há a fazer em conjunto com toda a comunidade, promovendo uma maior consciência e participação ativa nas boas práticas da sustentabilidade ambiental. Esta é mais uma oportunidade de afirmarmos Estarreja como um município comprometido com a sustentabilidade ambiental, conservação da natureza e biodiversidade, e com o crescimento económico sustentável, inclusivo e resiliente, gerador de mudanças positivas no território e na qualidade de vida das pessoas” – Isabel Simões Pinto, vereadora do Ambiente da Câmara de Estarreja.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.