Estarreja: Concluída a “remediação ambiental” de vala contaminada pelo complexo químico

1639
Vala de S. Filipe, Estarreja.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Estarreja anunciou hoje a conclusão da obra de “remediação ambiental” da vala de S. Filipe, na freguesia de Beduído.

A empreitada foi lançada no âmbito do ERASE – Agrupamento para a Regeneração Ambiental dos Solos de Estarreja, envolvendo empresas do complexo químico.

Segundo um comunicado, a operação implicou a remoção de solos contaminados numa grande extensão da vala de S. Filipe e o seu total empedramento, com barreiras de contenção em troncos de madeira e, ainda, a remoção e reposição de novas terras nas faixas laterais dos prédios rústicos que a marginam, desde a zona do Complexo Químico de Estarreja (CQE) até à zona da Póvoa.

Os promotores assinalam a conclusão dos trabalhos no dia 18 de novembro, quinta-feira, com uma sessão pelas 9:30 na Biblioteca Municipal de Estarreja, à qual se seguirá uma visita ao terreno.

A empreitada representou um investimento de 5,6 milhões de euros, tendo merecido um apoio financeiro integral do Fundo de Coesão da União Europeia, através do POSEUR.

A obra foi executada entre abril a setembro deste ano.

O projeto ERASE arrancou em 1998 com o objetivo de “reduzir o passivo ambiental relacionado com os resíduos industriais depositados há décadas atrás” na zona do complexo químico que contaminaram solos e águas subterrâneas (resultante do processo de lixiviação).

A remediação ambiental da vala de S. Filipe veio complementar uma primeira fase que em 2006 tratou 300 mil toneladas de resíduos deslocalizando-os de uma zona a céu aberto para um aterro que colocou fim a um passivo ambiental com meio século.

Artigo relacionado

Estarreja: Descontaminação de vala do complexo químico arranca até março

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.