Dois jovens detidos por fogo posto na zona florestal da ecopista do Vouga

980
Polícia Judiciária.
Comercio 780

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal (DIC) de Aveiro, informa que procedeu à identificação e detenção, de dois presumíveis autores do crime de incêndio florestal, que ocorreu no passado dia 3 de junho, junto da Ecopista do Vouga, entre Albergaria-A-Velha e Sever do Vouga. Os detidos têm 20 e 29 anos.

“Os incêndios tiveram início através de chama direta, em dois locais distintos, na vegetação adjacente à Ecopista, colocando em risco uma mancha florestal significativa”, refere o comunicado.

De acordo com a PJ, nenhum dos incêndios teve consequências de maior “graças à pronta deteção por populares e ao combate rapidamente encetado pelas corporações de bombeiros.”

Os suspeitos, que terão atuado “num quadro de futilidade”, foram presentes às Autoridades Judiciárias, na comarca de Aveiro para primeiro interrogatório judicial. Acabaram por ser restituídos à liberdade, ainda que sujeitos a apresentações periódicas na autoridade policial da residência e obrigação de tratamento psiquiátrico.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780