Diretor técnico da Associação Florestal do Baixo Vouga preside a entidade nacional de certificação

990
Dreamweb 728×90 – Video I

Luís Sarabando, engenheiro que exerce funções como diretor técnico da Associação Florestal do Baixo Vouga (AFBV), sediada em Albergaria-A-Velha, assumiu recentemente a presidência da PEFC Portugal na sequência da eleição de novos órgãos sociais para o biénio 2023-2024.

O PEFC Portugal é o sistema português de certificação reconhecido pelo PEFC Internacional, que apoia os produtores florestais nacionais a cumprirem os requisitos de “gestão florestal sustentável”.

Os produtos com logotipo PEFC dão “garantias” aos consumidores que adquirem produtos que “derivam de uma gestão florestal onde são aplicados, de forma consistente, os princípios de sustentabilidade.”

Luís Sarabando, diretor técnico da Associação Florestal do Baixo Vouga (AFBV).

“Quero que estejamos todos ainda mais comprometidos com o PEFC, com a certificação e com a sustentabilidade”, declarou Luís Sarabando a assinalar o arranque do seu mandato, vincando “a vontade” da nova direção em “materializar os seus grandes objectivos” traçados no plano de atividades para 2023, com destaque para om reforço da ligação ao mundo empresarial, bem como na melhoria da comunicação do sector.

Já a AFBV recebeu a eleição do seu diretor técnico com satisfação, encarando com “muito orgulho” este novo “contributo empenhado” para “o desenvolvimento e sustentabilidade da nossa floresta, desta feita através da presidência do PEFC Portugal.”

Em 1999, representantes dos proprietários florestais europeus de pequena dimensão uniram-se para criar um sistema internacional de certificação florestal (a PEFC Internacional) que arrancou com 12 organizações da Áustria, Bélgica, República Checa, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia e Suíça. Atualmente, cerca de um milhão de pequenos proprietários florestais já alcançaram a certificação PEFC, que proporciona aos proprietários e gestores florestais – organizações de proprietários florestais privados, áreas florestais com gestão publica e comunitária (baldios) e empresas – acesso ao mercado global de produtos certificados.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.