Dicas para viajar sozinho no Alentejo

545
Alentejo.

Viajar sozinho no Alentejo – dicas para a autodescoberta

A tendência para turismo a solo continua a crescer. Se pensa viajar sozinho no Alentejo, veja as dicas de quem conhece bem a região.

Já pensou em andar sozinho pelo Alentejo?

Podemos retirar muito de uma viagem a solo: explorar novos locais ao nosso próprio ritmo, sem ter de esperar ou correr por ninguém. Não nos preocuparmos com horários e compromissos de outras pessoas. Ter tempo para apreciar as paisagens, a gastronomia e as atrações locais que mais nos interessam. Escolher um alojamento descontraído, criativo e inspirador, onde podemos conversar com pessoas de todo o mundo.

Sabia que a pesquisa por viagens a solo no Google subiu 761% entre 2019 e 2021?

A perspetiva de viajar sozinho pode causar algum nervosismo ao início – especialmente se formos para uma região desconhecida. Felizmente, há locais tão tranquilos e belos como o Alentejo, um destino seguro, rico em história, monumentos e atividades. Ideal para relaxar, entrar em conexão com a natureza e aprender mais sobre nós e tudo o que nos rodeia.

10 dicas para quem visita o Alentejo sozinho

A Heaven Inn, um novo Hostel de charme localizado no centro de Évora, está pronta a receber hóspedes que viajam a solo ou em grupo. Conhecendo bem a região, dá algumas dicas para quem visita o Alentejo pela primeira vez.

1 – Partilhe o plano de viagem com família ou amigos

Mantenha o contacto com alguém: pais, irmãos, melhores amigos. Partilhe apenas com pessoas de confiança o itinerário e a reserva do hostel em Évora. Se é um cidadão estrangeiro, informe o respetivo consulado ou embaixada sobre o seu paradeiro, para que saibam onde contactá-lo se necessário.
O Heaven Inn tem wi-fi gratuito para facilitar esse contacto.

2 – Tenha sempre um plano de emergência

Faça uma vistoria prévia para saber onde se dirigir em caso de emergência: uma doença inesperada, um acidente na estrada, uma mala que desaparece, etc. É sempre bom saber onde é o hospital mais próximo, a farmácia de serviço ou até que horas pode ir ao mercado comprar o que precisa.

3 – Guarde os documentos em local seguro

Quem gosta de viajar com excesso de peso? Traga apenas o que vai precisar. Telefone, documentos de identificação, cartão de crédito e algum dinheiro devem ser guardados em local seguro. Nunca os deixe numa mala no chão, que pode perder de vista. Tenha especial cuidado em transportes públicos e em ocasiões que reúnem muitas pessoas.
Para se sentir mais tranquilo, peça ao hostel para guardar os documentos no cofre.

4 – Evite comportamentos imprudentes

O Alentejo, e Portugal em geral, é considerado um destino seguro. Mas viajar sozinho significa que não tem ninguém a olhar por si em situações mais sensíveis. Evite beber demasiado, tenha cuidado com pessoas estranhas, preste atenção ao caminhar ou ao conduzir.
Caso se sinta inseguro, procure um local público, como um restaurante ou uma loja. Se alguém perguntar se viaja sozinho, pode dizer que vai ter com alguém conhecido ou familiar.

5 – Pesquise sobre o local

Há quem adore partir à descoberta sem plano marcado, com surpresas inesperadas a cada momento. Mas convém fazer uma breve pesquisa sobre os principais pontos de interesse, percursos a seguir, horários de funcionamento, reservas de bilhete, etc., para que essas surpresas não sejam desagradáveis. Evite comboios que só funcionam em determinados dias, museus que fecham às segundas e restaurantes com lotação esgotada.

6 – Faça um seguro de viagem

Proteja-se contra acidentes e imprevistos causados por mau tempo, desastres naturais, doenças, greves ou cancelamento de viagens. Garanta o reembolso de despesas e compensação por perda de bagagem.

7 – Aproveite a cultura local

Experimente a comida tradicional alentejana, como as açordas, o ensopado de borrego, a doçaria de origem convential e os vinhos locais, como o vinho de talha.
Explore a rica história e monumentos de Évora, como a Capela dos Ossos, o Templo de Diana e a Catedral de Évora.
Para os visitantes estrangeiros, não podemos deixar de recomendar que aprenda algumas palavras em português. A maioria dos portugueses fala ou percebe inglês, mas dizer “olá” (hello), “por favor” (please) e “obrigado” (thank you), pode fazer uma grande diferença na interação com os habitantes.

8 – Aposte em atividades ao ar livre

O Alentejo é conhecido pelas paisagens rurais, planícies douradas e praias deslumbrantes, tanto no litoral como nos rios e barragens. Não deixe de respirar ar puro enquanto faz caminhadas ou relaxa na natureza.

9 – Vá ao encontro das pessoas

Mesmo viajando só, a interação social é importante. Procure eventos locais, como festivais de música, feiras ou eventos culturais e entre em contacto com as pessoas que aí trabalham. Pode ser uma ótima maneira de conhecer moradores locais e outros viajantes.

10 – Guarde espaço para a descoberta

É claro que gostamos de conhecer os principais pontos turísticos. Contudo, há lugares menos conhecidos e inesperados que valem bem uma visita. O Alentejo tem aldeias encantadoras, castelos históricos e paisagens de tirar o fôlego, muitas vezes fora das rotas turísticas tradicionais.
Às vezes, as melhores experiências de viajar sozinho pelo Alentejo acontecem quando nos desviamos do plano.

Publicidade, serviços e donativos

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços em NotíciasdeAveiro.pt.

Aceder a plataforma online.

O Notícias de Aveiro tem canais próprios para informação não jornalística como é o caso deste artigo »» ler estatuto editorial.