Detido suspeito de atear pelo menos três fogos em Águeda

2123
Bombeiros de Águeda.
Smartfire 728×90 – 1

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve na passada sexta-feira o presumível autor de, pelo menos, três crimes de incêndio florestal, ocorridos desde o início de julho, no perímetro urbano da cidade de Águeda.

O suspeito, com 28 anos, foi presente às Autoridades Judiciárias, na comarca de Aveiro para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

“Os incêndios tiveram inicio através de chama direta, e puseram em perigo a vegetação e habitações próximas, só não tendo assumido maiores proporções por terem sido detetados e combatidos numa fase inicial”, refere uma nota de imprensa.

Segundo a PJ, “não foi possível determinar qualquer motivação racional ou explicação plausível para a prática dos factos em investigação, existindo indícios que o arguido agia num quadro de alcoolismo.”

Publicidade, Serviços & Donativos