Desafios do ‘Aveiro Tech City’ passam à fase de desenvolvimento das ideias

641
Aveiro Steam City.
Dreamweb 728×90 – Video I

Empresas nacionais e estrangeiras responderam com ideias inovadoras aos desafios lançados pelo programa ‘Aveiro Tech City’ para soluções tecnológicas a aplicar em serviços urbanos.

Os júris selecionaram as propostas para uma nova fase de desenvolvimento que permita a escolha das aplicações a colocar ‘no terreno’ em Aveiro.

“Manutenção de equipamento com realidade aumentada”, “Otimização de veículos com base na sua pegada ecológica”, “Desenvolvimento de bicicletas movidas a células de hidrogénio”, “Recolha seletiva de bio resíduos” e “Redes Inteligentes de energia”. Estas são ideias finalistas do ‘Aveiro Urban Challenges’, uma iniciativa integrada no ‘Aveiro Tech City’.

Os participantes foram desafiados a apresentar projetos “destinados à resolução de desafios urbanos na área do ambiente, energia e mobilidade no município”.

Chegaram 39 candidaturas, das quais 15 entidades estiveram em análise pelo júri, de quem partiu a eleição dos cinco finalistas (promotores de Portugal e Espanha), que ganharam um prémio de 20.000 euros para o desenvolvimento da solução até outubro deste ano (mais info).

Aplicações para a ‘cidade 56’

São conhecidos também os dez finalistas da iniciativa ‘Aveiro 5G Challenges’, com um montante global de prémios de 20.000 euros (2.000 euros por projeto selecionado).

Os concorrentes (Portugal, Reino Unido, Rússia, México, Itália) vão agora desenvolver as ideias a apresentar nas soluções candidatas aos três prémios finais.

Em cima da mesa, estão propostas de ‘Desenvolvimento de rotas turísticas inteligentes’, ‘Monitor de ECG Holter com análise do ritmo cardíaco e painel de instrumentos’, ‘Robot para serviços de entrega e concierge, ‘Tecnologia de radioterapia para monitorizar as doses administradas em tempo real’, ‘Estruturas para efetuar testes na rede’, ‘Diagnósticos de alta precisão, sem contacto’, ‘Biossensores vestíveis para análise de suor’, ‘Poste de eletricidade alimentado por energia eólica e solar’, ‘Rede de distribuição ponto-a-ponto, através de drone’ e ‘Veículo elétrico autónomo | Live electric tours’.

“A fase de desenvolvimento dos projetos prevê uma sólida componente formativa através de sessões de mentoria e apoio técnico pelo parceiro da atividade e, conta ainda, com apoio remoto pela Beta-i destinado a startups e scaleups”, explica a nota de imprensa.

A seleção dos três vencedores acontece com o ‘pitch final’ em Outubro deste ano (mais info).

Curso de programação ‘CodeHero’

A Câmara aprovou as normas de participação da iniciativa ‘CodeHero’, integrada no ‘Aveiro Tech City’ e o valor de atribuição dos respetivos prémios, no valor global de 600 euros.
Um curso de ‘Introdução às Ciências da Computação’, disponível online e gratuito para promover competências STEAM e a literacia computacional.
O curso é destinado, principalmente, aos estudantes do Ensino Secundário e Profissional de Aveiro, mas está aberto a toda a comunidade (mais info).

Artigo relacionado

Um ano de ‘Aveiro Steam City’: O que aí vem após a aprovação

Publicidade, Serviços & Donativos