Centro Escolar de Avanca lançado a novo concurso por 5,1 milhões de euros

678
Futuro Centro Escolar de Avanca, em Estarreja.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Estarreja acaba lançar um novo concurso público para a obra de requalificação da Escola Básica 2,3 e jardim de infância de Avanca, depois de uma primeira tentativa que não encontrou empreiteiro.

A proposta base é de 5,1 milhões de euros para um prazo de execução de 24 meses, de acordo com deliberação aprovada na última reunião do executivo.

O primeiro concurso público teve como valor 4,3 milhões de euros.

O futuro centro escolar professor doutor Egas Moniz passará a ter condições para a integração de parte substancial da popular escolar da freguesia, de acordo com as orientações da Carta Educativa, que prevê a desativação da escola primária da Congosta, juntando cerca de 700 alunos.

O projeto prevê a reabilitação e ampliação dos atuais pavilhões da EB 2,3, ficando com capacidade para 12 turmas do primeiro ciclo, oito do segundo e outras tantas do terceiro.

Também faz parte da intervenção a restruturação do edificado disperso que alberga atualmente o ensino pré-escolar e o primeiro ciclo.

Segundo informação da edilidade estarrejense, a requalificação terá uma comparticipação dos fundos comunitários em cerca de 3 milhões de euros, “na sequência das negociações encetadas pela autarquia e que tiveram início em 2015.”

A contrapartida nacional será assumida pela Câmara. Já o Governo (proprietário do edifício), “apesar de inúmeras insistências”, a Câmara garante que “não obteve nenhuma resposta concreta relativamente ao financiamento da obra” (ver comunicado).

Artigo relacionado

Governo garante financiamento para requalificação da E.B. 2,3 Prof. Dr. Egas Moniz em Avanca

Publicidade, Serviços & Donativos