Casinos online em crescendo, apesar da reabertura de estabelecimentos físicos

786
Casinos.

O mercado dos casinos vem tendo de se adaptar aos novos costumes de seus clientes.

A retoma à normalidade no que toca à sociedade, mas também em termos económicos, é algo que todos os países vinham a ambicionar, depois da pandemia.

Contudo, mesmo durante o período pandémico, existiram segmentos que aproveitaram o período para se restruturar e desenvolver o seu conteúdo digital.

O jogo online foi uma das áreas que mais beneficiou com este fator, com os espaços físicos encerrados tiveram de se “reinventar” e transportar os seus esforços para o online. Hoje mesmo com a reabertura dos estabelecimentos físicos os casinos online mantiveram a tendência de crescimento em 2022.

Simbiose entre espaços físicos e o digital

Os espaços físicos vinham a dominar no que toca ao casino, não só devido a este tipo de jogo apenas se ter tornado legal de forma online em 2015, mas também porque Portugal possui alguns dos casinos mais vistosos em toda a Europa.

Porém, com a legalização e implementação do jogo online em solo nacional, começou a existir uma ligeira movimentação nos apreciadores de jogos de casino, tendo este público começando a interagir com o formato digital, mas sem descurar os estabelecimentos físicos.

Como seria de esperar, com o período de pandemia que atravessamos, estes espaços públicos acabaram por encerrar, “obrigando” estes estabelecimentos a desenvolver plataformas online, equilibrando assim os seus esforços entre as duas áreas.

A reabertura de estabelecimentos acabou por ser parcial, o que acabou por ser benéfico para ambas as partes, existindo assim ajustamentos consoante o perfil dos apostadores e uma simbiose que se veio a revelar quase perfeita, até ao momento.

Devido à enorme prospeção realizada por estas entidades e por outros nomes que se inseriram no mercado do jogo online, é perfeitamente natural que vejamos uma transição mais “agressiva” para tecnologias digitais, acolhendo assim um público mais jovem e menos experiente.

Os espaços físicos continuam um enorme “chamamento” para todo o tipo de jogadores, não só pelo jogo em si, mas por estes serem estabelecimentos cada vez mais diversificados e onde poderão realizar outro tipo de atividades de lazer.
Sendo Portugal um país reconhecido pelo seu turismo, os casinos físicos serão sempre locais de enorme interação, sobretudo quando falamos dos meses de Verão.

Números por detrás da evolução

A expansão para a componente online começou a ser mais notória a partir de 2020, sendo que, desde então, existem mais 5,2% de jogadores a registarem em plataformas legais em Portugal, por ano.

Esta evolução traduz-se em números bastante claros, já que no primeiro trimestre de 2022 tivemos o mercado dos jogos online a gerar receitas na casa dos 84 milhões de euros, um crescimento de 55,7% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Os volumes de apostas atingem também valores estratosféricos em relação a anos anteriores, sendo que os mesmos podem ser encontrados nos relatórios públicos lançados pelo Serviço de Regulação e Inspeção de jogos, que monitoriza todo este segmento em Portugal.

Assim, é inegável referir que o setor do jogo online é um dos que mais está a prosperar em Portugal e um pouco por todo o mundo, sendo que não existem sinais de estagnação nos próximos anos, com o desenvolvimento tecnológico na área.

Publicidade, serviços e donativos

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços em NotíciasdeAveiro.pt.

Aceder a plataforma online.

O Notícias de Aveiro tem canais próprios para informação não jornalística como é o caso deste artigo »» ler estatuto editorial.