Câmara de Ovar desconhece “qualquer processo” sobre suspeitas de corrupção na obra do Esmoriztur / Salvador Malheiro nega acusações

592
Paços de Concelho de Ovar.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara Municipal de Ovar esclarece, em comunicado, “que não tem conhecimento de qualquer processo a correr termos no Ministério Público” sobre alegadas suspeitas de corrupção envolvendo o ex-presidente, Salvado Malheiro,na adjudicação da obra de requalificação Esmoriztur,

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

“Em nome da verdade, da transparência e da integridade”, o executivo agora presidido por Domingos Silva, que assumiu o cargo na sequência da candidatura do ex-líder a deputado pela Aliança Democrática, refere que “a notícia” dos alegados pagamentos, dada inicialmente pelo jornal DN, “assenta numa alegada denúncia anónima, cujo teor desconhece e que, lamentavelmente, será motivada pelo clima eleitoral que o país atravessa”.

Além do mais, “a Autarquia refuta toda e qualquer suspeita de irregularidade ou ilegalidade e recorda que o processo foi objeto de fiscalização pelo Tribunal de Contas, não lhe tendo sido apontada qualquer desconformidade com a lei.”

Artigos relacionados

Salvador Malheiro refuta ter recebido dinheiro em troca de adjudicação de obra em Ovar

Mário Monteiro: “Para ganhar a obra tinha de dar 120 mil euros”

PS exige reunião sobre suspeitas de corrupção na Câmara de Ovar e fala em “promiscuidade”

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.