Câmara de Águeda reforça residências artísticas

668
Águeda renovou a parceria com a Improvise & Organize.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara Municipal de Águeda renovou a parceria com a Improvise & Organize Associação Cultural para a dinamização do Programa de Residências Artísticas AGITLab, que apoia artistas emergentes, nacionais e internacionais, que trabalham em todas as disciplinas artísticas, por meio de residências de curta e longa duração.

“As residências artísticas, como laboratórios experimentais do pensamento crítico e da criatividade, são umas aposta estratégica do Município para desenvolver e fomentar a criação artística em Águeda, contribuindo para a afirmação do concelho, nacional e internacionalmente, como produtor de arte e cultura, disse Edson Santos, Vice-Presidente da Câmara de Águeda, acrescentando que reflete uma aposta clara e estratégica na criação artística, na coprodução e no envolvimento da comunidade em torno da arte.

O AGITLab, assente neste conceito de experimentação contemportânea, dá aos artistas uma liberdade criativa que lhes permite explorar, experimentar e desenvolver o seu trabalho de uma forma disruptiva. Este espaço de criação na cidade de Águeda tem sido casa, nos últimos anos, para muitos artistas nacionais e internacionais, que aqui têm o trampolim para brilhar em palcos por todo o mundo.

Nas residências artísticas de Águeda cruzam-se e colaboram as mais diversas disciplinas da arte, indústria, educação, ciência e sociedade, dentro e fora dos circuitos artísticos habituais, procurando, em cada projeto criar criar soluções inovadoras e novos formatos.
Este programa consolida a imagem de Águeda como cidade de produção criativa, um espaço de criação que visa o crescimento mútuo dos artistas, da indústria cultural da cidade e concelho, projetando as várias expressões artísticas aqui criadas nos contextos regionais, nacionais e internacionais. Edson Santos reforça que o AGITLab dá também a oportunidade à populacional local de interagir com uma produção criativa variada, durante o processo.

A parceria municipal com a Improvise & Organize Associação Cultural, que acontece desde 2019, engloba vários projetos, com vista à descentralização da arte através da criação e promoção de projetos artísticos. As suas intervenções consistem em atividades regulares nas mais variadas vertentes das artes, com especial enfoque no circo, na dança e arte contemporânea, residências artísticas internacionais, arquitetura efémera, instalações, no teatro físico, na música eletrónica experimental e projetos sociais participativos com jovens.

O trabalho desenvolvido tem permitido criar hábitos culturais entre a comunidade, assim como no âmbito da criação e promoção de expressões artísticas contemporâneas do concelho e da região.

O protocolo com a Improvise & Organize Associação Cultural, hoje assinado, que prevê um apoio financeiro de 22 mil euros, pressupõe, entre outras atividades ao longo do corrente ano, a realização de Open House, um projeto que consiste no acolhimento de um mínimo de 12 residências artísticas. Todas as residências terão resultados práticos e que se irão refletir na comunidade, desde performances, exposições, workshops, entre outros, com o objetivo de complementar a programação cultural nos diferentes espaços do Município (Centro de Artes de Águeda, Biblioteca Municipal Manuel Alegre, Parque Alta Vila, Festival AgitÁgueda, programação natalícia, entre outros).

Está prevista a realização, tal como nos últimos anos, do Circo AGITado, um projeto de circo itinerante que é levado às freguesias, e entre maio e julho, 12 artistas estarão presentes na edição deste ano do projeto Bienal Intersection, uma cooperação entre Águeda e Montreal, interligados com o AgitÁgueda Art Festival, em que canadenses e portugueses prometem uma explosão de cor e criação.

Entre outros projetos, este ano, no âmbito do JAB – Jelsa Art Biennial, um festival de arte que decorre na ilha de Hvar (Croácia), em julho, quatro jovens artistas aguedenses terão oportunidade de expor o seu trabalho na Croácia, resultante de uma Open Call que decorrerá previamente. Em 2024, esta parceria traduzir-se-á na participação de artistas croatas no AGITLab 2024.

Será ainda dinamizado o Projeto Órbita, uma residência com artistas e tutores de diferentes áreas que se reúnem em Águeda para partilhar e cruzar as suas práticas e pensamentos, em volta de temáticas da criação contemporânea.

Câmara de Águeda

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.