Beneficiação das piscinas municipais da Mealhada

596
Piscinas municipais (Mealhada).
Smartfire 728×90 – 1

Já tiveram início as obras de beneficiação das Piscinas Municipais da Mealhada, uma intervenção que ascende a 1.369.337,37 euros (IVA incluído) e que tem 240 dias de prazo de execução. Assim, nos próximos meses, as piscinas estarão encerradas ao público.

A empreitada visa melhorar as condições gerais das piscinas, nomeadamente no que concerne à sua eficiência energética, que apresentam, atualmente, custos muito elevados de consumo de energia. O projeto inclui, por isso, a construção de uma central térmica de produção de energia com utilização de biomassa e aplicação de painéis solares, além de trabalhos ao nível das fundações e estruturas em betão, alvenarias, substituição de caixilharias, serralharias e revestimentos, bem como trabalhos nas instalações, equipamentos e sistemas do edifício, tais como águas e esgotos domésticos e pluviais, eletricidade e aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC).

“Compreendemos que as piscinas municipais fazem muita falta à nossa população, como demonstra a elevada taxa de inscritos nos anos anteriores à pandemia, mas é por isso mesmo que estas obras são necessárias. As piscinas já têm mais de 20 anos e é necessário acautelar o seu bom funcionamento futuro, quer em termos de instalações, quer em termos do que representa o seu consumo energético para o município. E conseguimos aproveitar fundos comunitários, que são sempre uma mais-valia para o Município”, explica Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada.

A consignação da obra data de 22 de abril após a fiscalização prévia do Tribunal de Contas, que declarou o contrato conforme. As Piscinas Municipais da Mealhada, recorde-se, foram inauguradas em março de 2000.

Câmara da Mealhada

Publicidade, Serviços & Donativos