Beira-Mar venceu Mortágua (3-1) com ‘bis’ de Bernardo

1244
Beira-Mar - Mortágua.

O Beira-Mar venceu, esta tarde, em Avanca, o Mortágua (Campeonato de Portugal, série C) por 3-1 (2-0 ao intervalo). A equipa aveirense, que empatou sem golos na partida disputada de manhã, em Esmoriz, com o Feirense (Segunda Liga), permanece, assim, sem qualquer derrota ao fim de seis jogos treino.

Segue-se, a 5 de agosto, mais uma jornada dupla com a receção ao Alba (Divisão de Elite da AFA), pelas 10:00, no complexo de campos de treino, e a deslocação a Coimbra para defrontar o União 1919, equipa que subiu ao Campeonato de Portugal (17:00)

Frente ao Mortágua, Miguel Valença fez alinhar o seguinte ‘onze’ inicial: Luís Pedro; Rafinha, Selva (central francês a cumprir um período à experiência), Breda, Mário Mendonça; Tomás Rodrigues (rendido depois por Zé Lopes), Kiko; Bernardo Lourenço; Diogo Tavares, Cícero, Chiquinho.

Pouco depois de soar o apito inicial Bernardo Lourenço, que se apresentou contra o seu ex-clube, colocou os aveirenses em vantagem. Isolado, o avançado finalizou com sucesso, apontando o seu quarto golo, continuando a marcar sempre nos jogos vitoriosos dos aurinegros.

O Beira-Mar exercia maior domínio e dispôs de mais duas boas oportunidades por intermédio de Cícero (remate desviado para canto) e Diogo Tavares (remate junto ao poste).

Só à meia hora, o Mortágua deu um ‘ar da sua graça’, num remate rasteiro, que Luís Pedro agarrou com segurança.

Na resposta, Bernardo ‘bisou’. O avançado impôs-se à defesa e rematou para o fundo da baliza, continuando a ‘mostrar-se’ ao treinador aurinegro.

Luís Pedro embora pouco solicitado ainda fez um boa defesa, desviando para canto um remate forte.

Na segunda parte, a equipa sofreu mudanças. Tomás Bozinoski entrou para a baliza. Breda passou a ter Diego Tavares ao seu lado no eixo da defesa. Rui Pinto entrou para a lateral esquerdo e Mica para a direita. No meio campo, Eamon Hatoum juntou-se a Kiko e Zé Lopes. Chiquinho, Marcelo Santiago e Luka passaram a formar o trio mais adiantado.

O jogo conheceu períodos de maior equilíbrio. Bozinoski fez uma defesa apertada, após remate na pequena área. Do lado contrário Breda, de cabeça, após canto, fez a bola passar junto à trave.

O Mortágua reduziu na sequência de um cruzamento da esquerda. Bozinoski não teve a melhor abordagem no lance disputado nas altura com Bernardo Ferrari a cabecear para o fundo da baliza.

A reação dos visitantes foi ‘estancada’ pelo terceiro golo do Beira-Mar, numa incursão de Santiago, finalizada com um primor técnico. O ponta de lança festejou o seu quarto golo na pré-temporada.

Dos jogadores convocados, apenas o ex-junior Tomás Teixeira (médio) não saiu do banco. Não estiveram na convocatória Donald Puzin (guarda-redes), Maurício, Rui Sampaio, Rúben Silvestre, Vieirinha e Pedro Santos.

Entretanto, o Beira-Mar continua em ‘busca’ de mais um defesa central. Já o experiente João Pedro, lateral direito, que estava a trabalhar com o plantel desd eo início da época, terminou o período de observação, devendo prosseguir a carreira noutro clube.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.