Beira-Mar soma um ponto na deslocação ao surpreendente Rebordosa (0-0)

1115
Imagem partilhada pelo SC Beira-Mar.
Dreamweb 728×90 – Video I

Rebordosa Atlético Clube e SC Beira-Mar empataram sem golos numa partida ‘morna’ a contar para 17ª jornada do Campeonato de Portugal (série B).

Os visitantes, que terminaram reduzidos a dez, devido à expulsão de Leandro Borges (duplo amarelo), estiveram melhor a segurar o ponto do que a criar oportunidades para chegar ao golo.

A equipa da casa, que permanece invicta no seu reduto, mantém a excelente carreira, ocupando o segundo lugar, com 34 pontos, a três pontos do Salgueiros, que empatou na receção ao Marítimo B (a partida foi interrompida aos 87 minutos após agressão ao árbitro).

Já os aveirenses, que vinham de duas vitórias seguidas, também não conhecem alterações na tabela classificativa, continuando em sexto lugar, agora com 26 pontos, a um do Gondomar. Na próxima ronda recebem em casa o líder.

O Lourosa permanece em ‘maré positiva’, tendo somado a segunda vitória seguida, desta vez por 0-3 em Resende, alargando para cinco o ciclo de jogos sem perder. Os lusitanistas alcanaram a terceira posição, com 29 pontos, a cinco do Rebordosa.

Ficha de jogos, resultados e classificação via FPF.

O onze aurinegro surgiu com quatro alterações em relação à jornada anterior: Breda, Kiko, Leandro Vieira e Rafa Fonseca ocuparam os lugares de Maurício, Rui Sampaio, Vieirinha (castigado) e Marcelo Santiago.

A primeira parte esgotou-se sem grandes apontamentos de registo, ainda que os locais tenham conseguido mais investidas atacantes e com maior perigo (relativo). Numa ‘segunda bola’, após canto, aos 42 minutos, Luís Pedro defendeu para canto o remate de Edgar Teixeira.

O guarda-redes do Beira-Mar foi sempre o elemento mais seguro no eixo defensivo, que entrou com algum desacerto na segunda parte. A equipa visitante viu ‘a vida a andar para trás’ com a expulsão de Leandro Borges aos 26 minutos (segundo amarelo a castigar ‘falta cirúrgica’ sobre Edu Leal à entrada da área).

Mais focada defensivamente, e com o Luís Pedro a não vacilar, a equipa treinada por Miguel Valença foi afastando as bolas que rondaram o último reduto. nomeadamente numa sucessão de cantos já na parte final, mantendo a baliza inviolável.

Mesmo no estertor da partida, assistiu-se a uma oportunidade para cada lado: Pedro Soares, atento, defendeu um desvio traiçoeiro após cruzamento do estreante Silvestre para a área do Rebordosa; depois, do lado contrário, seria Diogo Almeida a rematar com perigo.

Facebook Campeonato das Oportunidades

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.