Beira-Mar encontra Macieirense empenhado na fuga aos últimos lugares

1141
Cajó, treinador do Beira-Mar.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Beira-Mar joga este domingo em Macieira de Sarnes, Oliveira de Azeméis, perante a equipa local que entrará em campo motivada pela sua melhor série no principal campeonato distrital.

O Macieirense, promovido esta época, vem de três vitórias consecutivas. Em Mourisca venceu 0-3 na ronda anterior depois de afastar a equipa aguedense da Taça Distrital, também no campo do adversário. Antes, tinha derrotado, em casa, o Paivense, por 2-0. Portanto, nhá dois jogos para o campeonato que está sem sofrer golos.

O Beira-Mar, espera, por isso, dificuldades na 13ª jornada. “Joga em casa, é uma equipa batalhadadora. Da nossa parte, vamos querer mostrar porque somos líderes”, referiu o treinador aveirense no lançamento da jornada.

O Macieirense segue em antepenúltimo, com 10 pontos, a par do Alvarenga.
Já o Beira-Mar, com nove vitórias consecutivas, lidera isolado (31 pontos).

A equipa aurinegra espera corrigir algumas falhas na jornada anterior, evidenciadas na segunda parte da receção ao carregosense (2-1). “O grupo não ficou muito satisfeito com segunda parte Carregosense apesar de termos vencidos, a nossa imagem não é a daquela segunda parte, importante continuarmos como equipa determinada e organizada e não perder o controlo das partidas. Mas também não jogamos sozinhos”, referiu Cajó.

Discurso direto

“Tivemos algumas alterações na equipa, não muito grandes. O importante é dizer que os que saíram deram o seu melhor, eram opções válidas. O Kim teve uma boa oportunidade no país de origem, no caso do Jorge não queremos aqui atletas que não estejam satisfeitos. Temos de escolher os estão mais fortes, mas todos são bastante importantes. Tomamos as opções que achamos mais corretas para ganhar. O João Ramalho vem do Calvão, que temos acompanhado. Face à saída do Kim pode ser uma opção” – Cajó.

Resultados e classificação em https://www.afatv.pt/classificacao/24