Beira-Mar e União de Leiria resguardaram-se para quando for ‘a doer’

1538
Beira-Mar (apresentação da equipa, imagem Facebook do clube).
Smartfire 728×90 – 1

O Beira-Mar empatou 1-1 (golos apontados na primeira parte) com a União de Leiria no jogo de apresentação disputado este sábado à noite.

Os treinadores poderão ter evitado revelar muito das suas ‘armas’, nomeadamente táticas, uma vez que vão reencontrar-se dentro de duas semanas, em Leiria, aí sim já ‘a doer’, na jornada inaugural do Campeonato de Portugal.

A equipa da casa entrou bem na partida, deixou uma série de avisos à navegação e até criou uma boa oportunidade de marcar: um cruzamento de João Nogueira para a pequena área, onde Cissé, em cima da linha da baliza, desviou a bola do alvo…. O ponta de lança redimiu-se do falhanço ao passar da meia hora, quando, bem desmarcado, rematou na corrida, rasteiro, junto ao poste

Embora continuando mais retraída, a União de Leiria acabou por empatar aos 40 minutos na sequência de um canto, da direita. Onyeka nem precisou de saltar muito entre os centrais e cabeceou de primeira para o fundo da baliza.

Os treinadores mexeram nas equipas como seria de esperar para a segunda parte. No Beira-Mar só Isaac continuou em campo.

Os forasteiros revelaram-se mais atrevidos no ataque, mas o Beira-Mar não deixou de tentar a sua sorte. Primeiro com um remate para defesa apertada do guarda-redes e depois num cabeceamento de Cícero por cima da trave.

Mais flagrante foi a perdida do lado contrário, quando Nicky aproveitou uma perda de bola e correu para a baliza. Mérito para Carvalheira, a defender o remate com os pés para canto.

O Beira-Mar cumpriu o quinto jogo da pré época, o primeiro que terminou empatado. Soma três vitórias alcançadas perante o Valadares (2-0), Recreio de Águeda (1-2) e Beira-Mar – juniores (8-1). A única derrota foi em casa com o Lourosa por 2-3.

A União de Leiria somou o terceiro empate, tendo perdido as restantes duas partidas amigáveis.

A formação treinada por Ricardo Sousa iniciou a partida com Miotti, João Nogueira, Isaac, Edgar, Bernardo; Fábio, Breda, Rui Sampaio; Artur, Cissé e Moussa.

No regresso do intervalo, a equipa apresentou-se com Carvalheira; Adson, Isaac, João Filipe, Rodolfo; Mathieu, Yannick, Aparício, Boateng, Cícero e Dieguinho. Jogaram ainda Frank e Choe.
Diego Tavares e Caminata foram os únicos ausentes na formação da casa, ambos por motivos físicos.

A União de Leiria surgiu em campo com o seguinte onze inicial: Fábio, Dias, Cunha, Gomes, Denis; Usalifa, Jahfort, Cepeda; Choi, Onyeka e Kiko.
Jogaram ainda Kucherenko, Filipe (guarda-redes), Tomás Silva, Lameira, Alexandre, Helistano, Vladisnav, Nicky, João Vitor, Lameira,

Os aurinegros estrearam os novos equipamentos, tendo apresentado o ‘alternativo na segunda parte, um modelo totalmente branco, apenas com uma faixa preta nas mangas.

Publicidade, Serviços & Donativos