Beira-Mar: Direção segura treinador Miguel Valença, guarda-redes Luís Pedro saiu

3130
Equipa principal do SC Beira-Mar (Imagem divulgada no Facebook do SC Beira-Mar).

A direção do SC Beira-Mar não coloca em causa a continuidade de Miguel Valença à frente do comando técnico da equipa sénior principal, que sofreu mais uma baixa, agora do guarda-redes Luís Pedro, habitual titular.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O guarda-redes Luís Pedro, que tinha sido, até há dois jogos, sempre titular no campeonato, já não faz parte do plantel. O clube comunicou esta tarde a rescisão sem indicar razões. É a terceira ‘baixa’ no grupo que iniciou a época, depois dos defesas Mika (lateral esquerdo) e Rui Pedro (lateral direito) terem rescindido os respetivos contratos.  Luís Pedro, 29 anos, chegou a Aveiro no início de janeiro, depois de Miguel Valença ter assumido o comando técnico, assumindo-se rapidamente como ‘dono das redes’. Alinhou em 12 partidas a época passada e levava oito partidas a titular na atual (11 golos sofridos), quando, há dois jogos foi relegado para o banco. Este domingo já não figurou na convocatória para o embate com o Florgrade. Tomás Bozinoski foi o titular em ambas as partidas. Donald Motch é o outro guarda-redes do plantel, que ainda não entrou em qualquer jogo. Resta saber se a saída de Luís Pedro será compensada por um reforço. Uma nova carência que se junta à vaga deixada pela lesão prolongada do lateral esquerdo Mário Mendonça à quarta jornada.

Direção mantém crença em Valença

Entretanto, Miguel Valença continuará a ter a confiança da direção liderada por Afonso Miranda para treinar a equipa que este domingo somou em Cortegaça, com o Florgrade, o segundo empate seguido, alargando para seis o ciclo de jogos sem vencer.  Plantel e equipa técnica terão feito sentir que existem condições para ‘dar a volta’ e conseguir regressar aos bons resultados (nesta altura está a três pontos da zona de descida). O assunto não motivará declarações do presidente do clube. O campeonato tem uma paragem de três semanas, estando agendado para 3 de dezembro o próximo jogo, em casa, com o São João de Ver, segundo classificado da série B. O Beira-Mar, que assumiu como objetivo disputar a promoção à Liga 3, segue ao final de 10 jornadas em sexto lugar, com 14 pontos (três vitórias e cinco empates). Para terminar a primeira volta falta a receção aos ‘malapeiros’, depois jogar em Vila Meã e, por último, receber o Lamelas.

Artigo relacionado

Futebol / CdP: Florgrade e Beira-Mar anularam-se na luta pelos três pontos (0-0)

Discurso direto

“Está difícil ? Está. Mas não está impossível, porque da mesma forma que os outros têm esta vantagem, na segunda volta podemos ter nós uma vantagem igual. Estou tranquilo” – Miguel Valença, treinador do SC Beira-Mar.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

Comercio 780