BE defende revogação das Unidades Locais de Saúde

556
Moisés Ferreira, cabeça de lista do BE pelo distrito de Aveiro.

O Bloco de Esquerda defendeu a “necessidade de garantir as obras de ampliação do hospital de Aveiro e a criação de um curso de medicina na Universidade de Aveiro”. Compromisso deixado pelos candidatos bloquistas pelo distrito de Aveiro às eleições legislativas durante uma reunião mantida com a administração da Unidade Local de Saúde (ULS) da Região de Aveiro.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

“Depois dos últimos anos de maioria absoluta do Partido Socialista”, o BE diz que “é preciso avançar para uma reconstrução do Serviço Nacional de Saúde”, com “um novo modelo de autonomia, um novo impulso para contratação e investimento e um aumento do acesso a cuidados de saúde, nomeadamente aqueles que continuam a faltar à maior parte das cidadãs e cidadãos, como é o caso da medicina dentária ou da psicologia.”

Os bloquistas aproveitam para criticar “a total ausência de medidas do PS” na saúde, nomeadamente para resolver a falta de profissionais no SNS.

Entre as suas propostas, o BE defende “a revogação das ULS e investimento nos hospitais de Aveiro, Águeda, Estarreja, Ovar, Oliveira de Azeméis, São João da Madeira e Espinho, seja na contratação de mais profissionais, seja no investimento em equipamentos de diagnóstico e terapêutica, seja na ampliação de valências e serviços prestados à população”.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Resultados | Classificação

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

Comercio 780