Baleia ‘encalhou’ na Ria de Aveiro junto a S. Jacinto / Iniciada operação de resgate

22685
Baleia na Ria de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Uma baleia-comum com cerca de 13 metros, viva, encontrava-se encalhada, ao início da tarde, na Ria de Aveiro, em frente a S. Jacinto, informou o comandante da Capitania do Porto de Aveiro, Humberto Rocha.

O alerta de arrojamento do cetáceo, que não evidenciava ferimentos, foi dado por pescadores que andavam ao marisco durante a maré baixa.

Além da Polícia Marítima, foram ativados meios do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM) da Gafanha da Nazaré e dos bombeiros.

Segundo o comandante da Capitania, o animal encontra-se na margem nascente, na zona do terminal de granéis líquidos.

Os meios de resgate estão a usar moto bombas e mangueiras para regar a baleia aguardando a subida da maré, durante a tarde, para tentar a deslocalização para águas mais fundas.

“Estão a ser seguidas as orientações do CRAM para aumentar a capacidade de sobrevivência naquele local, com água salgada, procurando depois orientá-la”, acrescentou o comandante, adiantando que a maré alta terá o seu pico pelas 18:00.

As condições meteorológicas adversas, especialmente vento forte, estão a dificultar a operação para retirar do banco de areia este exemplar de baleia-comum, pelo tamanho ainda juvenil, que não é raro arrojarem na costa portuguesa.

Em julho de 2014, uma baleia ferida apareceu a nadar no canal de São Jacinto e algum tempo depois voltou a sair com apoio de embarcações.

Publicidade, Serviços & Donativos