Aveiro: Utente celebra centenário no Lar Paroquial Amélia Madail

2133
António Batista.
Smartfire 728×90 – 1

O Lar Paroquial Amélia Madail, em Aradas, Aveiro, vive hoje um dia especial.

A direção, colaboradores e residentes assinalam, este domingo, os 100 anos do utente António Batista, que serviu a Marinha Portuguesa.

É o primero centenário celebrado no Lar Paroquial Amélia Madail. “Numa época de pandemia, celebrar um século da vida de alguém que correu o mundo, viveu várias guerras e ultrapassou adversidades, é uma benção!”, refere uma nota da instituição.

“Homem sério de fé, independente, amante da atividade física, frontal, honesto, sempre se considerou um Homem do Mar! Que bonita idade a do nosso querido Sr Baptista. Um século de vida vivida! E que grande orgulho o nosso por fazermos parte desta vida!”, lê-se na homenagem prestada ao utente aniversariante.

Antonio de Oliveira dos Santos Batista nasceu a 12 de julho de 1920 em Sebal Grande – Condeixa-a-Nova.

Filho de comerciantes e lavradores e irmão de 5 rapazes e 1 rapariga, foi aconselhado pelo Padre da sua freguesia a abraçar a vida militar, pois não gostava das tarefas associadas à agricultura.

Mudou-se para Lisboa onde fez o serviço militar e tornou-se Sargento-ajudante da Marinha de Guerra (Artilheiro). Correu o mundo no cumprimento comissões nomeadamente em Angola, Moçambique, Índia, Rússia, Irlanda e Inglaterra. Durante a 2ª Guerra Mundial cumpriu missão na base das Lages. Esteve na Invasão de Goa em dezembro de 1961).

Publicidade, Serviços & Donativos