Aveiro: Requalificação do Rossio / Queixa do Movimento Juntos pelo Rossio

1066
Empreitada do Rossio, Aveiro.
Comercio 780

O Executivo Municipal tomou conhecimento da sentença do Tribunal Central Administrativo do Norte (TCAN), que decidiu negar provimento ao recurso de apelação contra a obra de requalificação do Rossio e da Praça General Humberto Delgado/ “Pontes”, apresentado por David Iguaz e pelo Movimento Juntos Pelo Rossio, por “não lograrem os requerentes fazer alguma prova (…) de quais os concretos prejuízos que se têm por ocorridos, ou que ainda irão decorrer”, refere o Tribunal, acrescentando que não foi possível ao Movimento Juntos pelo Rossio provar a destruição “de património edificado ou património arbóreo relevante”, concluiu.

Recordamos que os Requerentes, David Iguaz e o Movimento Juntos Pelo Rossio, pretendiam suspender todas as deliberações da Câmara Municipal de Aveiro (CMA) e da Assembleia Municipal de Aveiro respeitantes ao Rossio, para assim impedirem desde logo o início ou neste caso, o prosseguimento da intervenção. Pretensão que agora foi definitivamente negada.

A CMA congratula-se com a decisão judicial, que confirma a legalidade dos atos praticados pela CMA e pela Assembleia Municipal.

Na gestão da CMA vamos continuar a trabalhar com rigor e transparência, empenho e capacidade de realização, cumprindo os compromissos assumidos com os Cidadãos Aveirenses, cumprindo a Lei do País, com grande determinação e espírito de bem servir.

Câmara de Aveiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780