Aveiro: Recomendada vistoria à ponte de Cacia

9998
Ponte de Cacia, Rio Vouga.

A informação de “oscilações” anormais na ponte de Cacia da antiga EN 109 quando ‘carregada’ de tráfego pesado, não era conhecida da Câmara de Aveiro. Mas ainda assim, o presidente Ribau Esteves decide que ia levar o alerta transmitido por Casimiro Calafate na última Assembleia Municipal ao conhecimento da Infraestruturas de Portugal (IP).

O antigo presidente da Junta de Freguesia de Cacia referiu que o atravessamento construído nos anos 40 do século passado sofreu ao longo do tempo intervenções, mas o impacto dos últimos anos causado pelo aumento de camiões em ‘fuga’ às portagens na A25 poderá estar a causar danos estruturais.

“Já recebi alertas de pessoas de Aveiro, Albergaria-A-Velha e Estarreja, há quem tenha medo de passar ali”, deu conta o ex autarca do PSD para que se impõe uma vistoria para “tranquilizar” que usa diariamente a ponte.

O presidente da Câmara não tinha informação da existência de problemas naquela ‘obra de arte’, mas de qualquer forma assumiu o compromisso de “repetir” o alerta junto da IP.

Ribau Esteves garantiu que a ponte está “devidamente monitorizada” e sabe também que a prazo está prevista uma intervenção de melhoramento.

No futuro, com a conclusão das obras na Avenida Europa, o trânsito ‘pesado’ ficará limitado a cargas e descargas.

Publicidade, Serviços & Donativos