Aveiro na rede de oferta turística náutica de qualidade

2080
Portal NáuticaPortugal.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Estação Náutica (EN) é uma rede de oferta turística náutica de qualidade, organizada a partir da valorização integrada dos recursos náuticos presentes num território, que inclui a oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outras atividades e serviços relevantes para a atração de turistas e outros utilizadores, acrescentando valor e criando experiências diversificadas e integradas.

Por António José Correia *

A Fórum Oceano, no âmbito da sua missão de animação do Cluster do Mar Português, em colaboração com as entidades coordenadoras das Estações Náuticas de Portugal, com o acompanhamento do Turismo de Portugal, IP e das Entidades Regionais de Turismo, e com o cofinanciamento do programa Compete2020, desenvolveu o Portal ‘NauticalPortugal’ que agrega informação sobre as Estações Náuticas certificadas.

O Portal apresenta-se como uma plataforma que disponibiliza, de forma intuitiva e acessível (nível AAA da versão WCAG 2.0), informação sobre as 24 Estações Náuticas certificadas e a oferta turística assegurada pelos respetivos parceiros (mais de 850, dos quais 60% são empresas), constituindo-se como uma “Rota do Náutico”, que percorre todo o território continental. Distribuídas pelas diferentes regiões, as Estações Náuticas apresentam características e configurações distintas, espelhando a riqueza, a diversidade e a atratividade dos territórios do litoral e do interior de Portugal.

A qualidade dos conteúdos, das fotografias e dos vídeos, convida os visitantes do Portal a uma expedição pelas atividades náuticas que se praticam em cada uma das Estações Náuticas, bem como a navegar pelos serviços e produtos complementares, como gastronomia, alojamento, oferta cultural, pontos de interesse turístico, entre outros. Além da pesquisa é ainda possível realizar pré-reservas, através do contacto direto com os parceiros de cada uma das ENP.

O Portal promete, assim, trazer ventos de feição para a promoção da náutica e do turismo náutico de Portugal, atraindo visitantes nacionais e estrangeiros, através da disponibilização de conteúdos em Português, Inglês, Francês e Espanhol sobre a oferta qualificada de produto turístico náutico integrado.

A plataforma online pretende ainda apoiar e impulsionar o trabalho desenvolvido pelos atores locais na melhoria e garantia da oferta, apresentando informação sobre certificações, distinções e reconhecimentos, como é o caso do selo “Clean&Safe”, Bandeira Azul, Praia Acessível ou Praia com Qualidade de Ouro.

Para os amantes da náutica, o Portal da Rede das Estações Náuticas de Portugal será um spot obrigatório, mas esperam-se visitas de todos quantos queiram mergulhar no potencial do território nacional.

A promoção internacional da Rede contará com o envolvimento da AICEP e do Turismo de Portugal, IP através das respetivas delegações, e das Agências Regionais de Promoção Turística.

Na sequência do projeto Portugal Náutico desenvolvido pela Associação Empresarial de Portugal em cooperação com a Fórum Oceano, foi criado o Grupo Dinamizador do Portugal Náutico, que se propõe a dinamizar a fileira do turismo náutico. Neste contexto, avançou com o desenvolvimento, promoção e certificação de Estações Náuticas em Portugal.

Oferta turística náutica de qualidade

A Estação Náutica (EN) é uma rede de oferta turística náutica de qualidade, organizada a partir da valorização integrada dos recursos náuticos presentes num território, que inclui a oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outras atividades e serviços relevantes para a atração de turistas e outros utilizadores, acrescentando valor e criando experiências diversificadas e integradas. Desta forma, a EN apresenta-se como uma plataforma de cooperação entre atores identificados com um território e que asseguram a oferta de um produto turístico.

Apesar de serem maioritariamente destinos de costa, também os territórios do interior têm avançado com a certificação de Estações Náuticas, em planos de água estáveis, nomeadamente, rios, lagos e albufeiras de barragens.

Reconhecendo o potencial que Portugal apresenta na área do turismo náutico e tendo como exemplo as experiências de França e Espanha, foi elaborado um regulamento para a certificação das Estações Náuticas de Portugal (ENP), que beneficiou do enquadramento fornecido pela Federação Europeia de Destinos Náuticos, da qual a Fórum Oceano é membro.

A sessão de apresentação e lançamento da 1ª fase de certificação das ENP realizou-se no dia 1 de março de 2018, na Bolsa de Turismo de Lisboa.

Atualmente, a Rede “Estações Náuticas de Portugal” (ENP) conta com 24 ENP certificadas e quatro em processo de certificação, distribuídas por todo o continente, litoral e interior, e envolvendo mais de 1000 entidades, 60% das quais são empresas, 60 municípios, 4 Comunidades Intermunicipais e cerca de 300 associações e entidades locais com intervenção na náutica de recreio e no turismo náutico.

Região Centro lidera o número de ENP

A Região Centro lidera o número de ENP certificadas com 8 ENP, evolvendo 337 parceiros, a que corresponde cerca de 41% do total de parceiros da Rede. Seguem-se a Região Norte, com 6 ENP e 15% do total de parceiros, a Região do Algarve com 4 ENP e 26% do total de parceiros, a Região do Alentejo com 4 ENP e 13% do total de parceiros e, finalmente, a Região de Lisboa com 2 ENP e 5% dos parceiros.

Por categorias de planos de água utilizados, embora as ENP de litoral sejam as mais numerosas – 17 -, há 5 ENP de águas interiores e 2 ENP mistas-litoral/interior. Nas águas interiores a Região do Alentejo lidera com 3 ENP, sendo que as outras 2 se situam na Região Norte e na Região Centro.
Em processo de certificação encontram-se 4 candidaturas: 1 de litoral, 2 de interior e 1 mista-litoral/interior.

* Coordenador de projetos na Fórum Oceano.

Publicidade, Serviços & Donativos