Aveiro: Compras no comércio local ajudam a plantar árvores

1660
Foto Agora Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Nos dias 30 de Novembro, 1 e 2 de Dezembro por cada 10 euros gastos em 30 lojas de comércio local de Aveiro, uma árvore será plantada no município.

A ação batizada de “Green Friday” faz parte do projeto “Plantar o Futuro” que é organizado pela ‘Agora Aveiro’, uma associação para a promoção da cidadania ativa.

Alunos do Curso de Animação da Escola Profissional de Aveiro vão fazer uma ação de rua na próxima sexta-feira para divulgação.

O cliente que aceite tomar parte na campanha organizada com apoio da Associação Comercial de Aveiro receberá um saco reciclado alusivo à ação, explica a ‘Agora Aveiro’.

A associção dá, assim, continuidade ao projeto “Biologia a Plantar o Futuro”, organizada em 2014 por alunos de Biologia da Universidade de Aveiro.

Para a tarde de 12 de dezembro, com ponto de encontro na Universidade de Aveiro, está prevista a entrega de cerca de 2000 árvores autóctones cedidas em parte pela Câmara de Estarreja para plantação na localidade.

Estão previstas seis ações de plantação, ao longo de cinco sábados, envolvendo diretamente, cerca de 500 alunos.

A primeira a 26 de Fevereiro, em Estarreja. Seguir-se-á uma plantação em Águeda, nos terrenos do Projeto “Cabeço Santo” da Quercus, que está a colaborar o evento através da oferta de árvores e aconselhamento técnico.

A última platanção será na Universidade de Aveiro, no Dia da Árvore (21 de Março).

A ‘Agora Aveiro’ envolveu o Agrupamento de Escolas Rio Novo do Príncipe, em Cacia, no projeto de empreendedorismo social sustentável que apoiou a reflorestação de uma área ardida do concelho de Aveiro.

Os novos alunos da universidade ficam responsáveis por árvores autóctones (carvalho, azinheira, medronheiro, etc) até a altura da sua plantação.

Desde 2014 já foram plantadas milhares de árvores na Mata do Buçaco, Albergaria a Velha e Lousada.

A devastação que os incêndios do último ano causaram levou a Agora Aveiro a ir “mais longe”, associando os alunos a esforços de vários setores da sociedade, entre associações, entidades públicas e empresas, “para sensibilizar para a importância da floresta nativa, incutindo nos participantes os sentidos de responsabilidade social e ambiental e estimulando o voluntariado como forma de exercício da cidadania ativa e participativa. ”

O projeto está dividido em três ações, complementares, dirigidas a diferentes grupos da comunidade: jovens universitários, crianças e comunidade em geral.

Reportagem áudio sobre a campanha ‘Green Friday’