Aveiro: Câmara quer reativar restaurante-bar do Centro Cultural e de Congressos

5275
Centro Cultural e de Congressos, Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

O município de Aveiro vai fazer uma tentativa de encontrar um novo concessionário para explorar o restaurante-bar do Centro Cultural e de Congressos, que se encontra sem atividade desde a saída da Escola de Formação Profissional de Turismo (EFTA).

O concurso público, já em curso, tem como preço base o pagamento de uma renda mensal de 2.000 euros.

A Assembleia Municipal, na sua última reunião, aprovou a proposta camarária.

Segundo explicou o presidente da autarquia, está previsto uma carência de dois anos no pagamento das rendas, atendendo a que o concessionário terá de suportar encargos para o melhoramento das instalações, nomeadamente na cozinha e sanitários.

Outra das obrigações a respeitar pela empresa que, eventualmente, queira assumir o restaurante é garantir refeições para os funcionários municipais a preço do correspondente subsídio diário de alimentação.

A proposta acabaria por motivar algumas reflexões sobre a possibilidade da autarquia ocupar toda a antiga fábrica Jerónimo Pereira Campos, atualmente parcialmente usada pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional.

O presidente da Câmara, Ribau Esteves, adiantou que o Governo tem conhecimento de uma proposta do município para reinstalar os serviços de emprego e formação profissional para que seja dada uma nova utilização ao espaço, eventualmente com serviços museuológicos e de galeria de exposição ligados à atividade do Centro Cultural e de Congressos. Equaciona-se também a médio prazo a saída dos serviços camarários para outro local.

Publicidade, Serviços & Donativos