Aveiro: Câmara prepara nova hasta pública / Luz verde para USF de Eixo e passadiços de São Jacinto

1075
Antiga Fábrica Jerónimo Pereira Campos, Aveiro (foto Câmara de Aveiro).
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Aveiro iniciou “uma reavaliação” dos seis imóveis municipais integrados nos lotes que não foram alvo de arrematação na hasta pública realizada esta quarta-feira.

A “perspetiva” é, assim, proceder a uma segunda venda, da mesma forma, “procurando uma relação entre o preço base e o mercado, propiciadora à sua alienação, numa lógica de gestão patrimonial com a devida qualidade e realista.”

Os cerca de 1,45 milhões de euros de receita arrecadada vão ser utilizados para pagamento da dívida bancária da Câmara, “dando por essa via contributo para a sua redução.”

Os imóveis vendidos totalizam uma receita de 1,448 milhões de euros alcançado com a venda de sete lotes (dos 13 inicialmente identificados) um valor de 243.000 (mais 20%) do que a base de licitação.

USF de Eixo e passadiços em São Jacinto

Entretanto, a Câmara informa que procedeu ao lançamento do concurso público para a obra de requalificação da Unidade Saúde Familiar de Eixo, “representando um novo investimento” na área.

O preço base é de 360.729 euros, com um prazo de execução de 180 dias.

A obra é cofinanciada no âmbito do Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro.

Uma intervenção que tem como objetivo “melhorar muito as atuais instalações, adequando-as às necessidades de prestação de cuidados de saúde primários”.

A edilidade adianta que também foi adjudicada a empreitada para a construção do novo passadiço na praia de São Jacinto, representando um investimento de 65.994 euros )prazo de execução de 60 dias).

A praia de São Jacinto continua, assim, “a merecer especial atenção” com uma aposta “na melhoria da qualidade ambiental e urbana, implementando uma nova política de gestão integrada do território municipal”:

O objetivo é tornar a freguesia “um espaço diferenciador do município e da Região de Aveiro, preservando a sua identidade e apostando ao mesmo tempo na valorização do seu património natural e cultural.”

Artigo relacionado

Aveiro: Lotes para construir prédios de gama alta sem licitação

Publicidade, Serviços & Donativos