Aveiro: Bloco quer mais serviço social por parte da Câmara Municipal

439
Bloco de Esquerda, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Num momento de crise social e económica, o Bloco de Esquerda considera que é necessário a Câmara Municipal de Aveiro constituir serviço público na área da ação social e constituir direitos sociais para bens essenciais.

O Bloco de Esquerda considera que é necessária uma tarifa social da água em Aveiro, à semelhança da que foi criada a nível nacional para a eletricidade por proposta do Bloco. Esta medida permitiria o acesso a uma tarifa reduzida de água a 5.304 famílias carenciadas no concelho. A água é um bem essencial à vida e, neste momento crítico para a saúde pública, assume uma importância ainda mais central na proteção individual e de toda a sociedade.

O Bloco defende ainda que o empréstimo de computadores portáteis e internet a alunos carenciados do primeiro ciclo deve ser prolongado pela Câmara Municipal de Aveiro. Este empréstimo foi fundamental para debelar desigualdades sociais e garantir acesso à escola pública durante estes meses de pandemia. Retirar agora estes computadores a estes alunos – que pouco têm – é negativo do ponto de vista pedagógico e volta a agravar as desigualdades. Com o retorno ao regime de aulas presenciais devem ser continuadas as políticas que combatam as desigualdades sociais. O Bloco considera que se deve prolongar o empréstimo até que exista uma solução de âmbito nacional que dê resposta de equipamentos informáticos para estes alunos.

O Bloco considera que é missão da Câmara Municipal de Aveiro a constituição de um serviço público de ação social que dê resposta às muitas necessidades e carências sociais da população. O Bloco lamenta que a sua proposta de tarifa social da água e de prolongamento do empréstimo de computadores e internet tenha sido rejeitada na Assembleia Municipal.

Bloco de Esquerda

Publicidade, Serviços & Donativos