Aveiro: Autarquia quer classificar ‘Rossio – O Augusto’ como de interesse municipal

712
Café Rossio.
Smartfire 728×90 – 1

A Câmara aprovou a abertura de um procedimento “para reconhecimento do interesse do ‘Café Rossio – O Augusto’ para a cidade de Aveiro” ao longo da sua atividade de cinco décadas.

O executivo camarário deliberou, na sua reunião privada de ontem, avançar com a classificação do conhecido estabelecimento de restauração na zona da Beira Mar como de “interesse histórico e cultural ou social local”.

“O ‘Augusto’ pela sua presença viva na cidade, com uma atividade que se estende por décadas, fazendo parte da memória coletiva de Aveiro e dos Aveirenses, a que se agrega o seu património material e imaterial, vai ao encontro dos critérios que permitem a atribuição deste reconhecimento”, refere a edilidade.

Em 2007, a Câmara atribuiu a medalha de mérito empresarial a Augusto Gomes dos Santos, já falecido. O café / cervejaria ‘Rossio’ foi distinguido pela qualidade da oferta de restauração (muito por força da especialidade gastronómica que lhe dá uma imagem de marca: os ‘pregos do Augusto / ‘Rossio no pão’, mas também pelo “carisma pessoal, jovialidade e simpatia” do proprietário ao longo das quatro décadas que já levava de atividade, dinamizando o estabelecimento como ponto de encontro e convívio da comunidade local.

Artigo relacionado

Faleceu o Sr. Augusto dos ‘pregos do Rossio’ em Aveiro.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.