Autor de furtos na Universidade de Aveiro condenado a 5 anos e 10 meses de cadeia

482
Tribunal de Aveiro.

Um homem acusado de quatro furtos qualificados em edifícios do campus de Santiago da Universidade de Aveiro (UA) foi condenado, esta quinta-feira, pelo Tribunal de Aveiro, a uma pena de cinco anos e 10 meses de prisão, em cúmulo jurídico.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O arguido de 47 anos, que se encontra em prisão preventiva desde julho do ano passado, quando foi intercetado pela PSP, terá, ainda, de indemnizar a instituição em quase 2.700 euros pelos danos causados.

Os assaltos aconteceram em edifícios de vários departamentos, tendo sido levados computadores portáteis e um instrumento musical.

O indivíduo, que tem largo cadastro, e já cumpriu penas de cadeia efetiva, negou a autoria dos furtos imputados, assumindo, apenas, que chegou a passear pelo campus em busca de amizades femininas.

Acabaria por surgir nos registos de vídeo vigilância quando pediu ao segurança de um departamento para usar o WC. As imagens e o reconhecimento feito por testemunhas (funcionários, alunos e professores) com quem se cruzou nos departamento levaram o coletivo a dar os factos como provados.

Confrontado com o computador da UA que tinha na sua posse quando foi abordado pela PSP, disse que o tinha adquirido por 100 euros a pessoa com quem se encontrara no parque da cidade.

Artigo relacionado

Prisão preventiva para suspeito de furtar computador portátil UA – Notícias de Aveiro

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.