Autarquia de Anadia reforça vigilância móvel nas manchas florestais a nascente do concelho

901
Assinatura de protocolos para vigilância florestal (Anadia).

O Município de Anadia celebrou protocolos de colaboração com as freguesias de Avelãs de Cima, Moita e Vila Nova de Monsarros, e as Associações de Apoio Florestal e Ambiental de Avelãs de Cima, de Voluntários de Ferreiros e Cultural e Recreativa de Algeriz que garantem apoios para a vigilância móvel nas manchas florestais a nascente do concelho, no período crítico (1 de julho e 30 de setembro).

A autarquia disponibiliza viaturas motorizadas, comunicações, equipamentos de identificação e proteção individual, entre outro tipo de equipamentos de apoio “para a boa execução da vigilância, tendo ainda disponibilizado a cada Associação, para início do programa, 200 litros de combustível.”

As verbas atribuídas às associações, este ano, contam com um reforço de dois mil euros, sendo que cada associação receberá um valor de 16 mil euros, num total de 48 mil euros, que será pago em quatro prestações. “Este valor compensará os encargos inerentes à vigilância, nomeadamente seguros dos vigilantes, a manutenção das motorizadas, combustíveis, entre outras despesas”, informa a edilidade.

Para além da vigilância propriamente dita, a presidente da Câmara, Teresa Cardoso, alertou “para a necessidade de os voluntários procederem à sensibilização das populações”, dando alerta de quaisquer situações anómalas, assim como informando da para a proibição de queimas e queimadas durante o período critico.

Publicidade, Serviços & Donativos