As exigências dos profissionais do futuro

333
Profissões do futuro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O desenvolvimento dos profissionais do futuro exigirá uma combinação de competências profissionais avançadas, digitais e transversais.

Observatório do Emprego da Universidade de Aveiro *

A combinação de diferentes competências não será apenas relevante para o futuro das organizações, mas também para cada indivíduo, na medida em que deverão qualificar-se de forma a acompanhar as tecnologias emergentes para responder aos desafios do mercado de trabalho.

As competências associadas a novas tecnologias estão a criar novos caminhos e oportunidades de forma transversal a todas as áreas profissionais.

Um profissional na área de finanças, por exemplo, pode desenvolver competências ao nível da IA (Inteligência Artificial) e desta for-ma criar novas oportunidades para melhorar o seu desempenho, contrariando assim a vox populi que muitas vezes associa as novas tecnologias com à substituição do trabalhador.

Uma visão recente sobre a procura de novas profissões e competências emergentes a União Europeia (UE) lançou recentemente o “Relatório sobre tendências tecnológicas, adoção de tecnologia, investimento e competências em tecnologias avançadas”, que discute também os impactos das tecnologias na procura de profissionais e competências.

O relatório faz uma análise profunda, explorando tendências na geração e absorção de tecnologias avançadas, atividades empresariais relacionadas e competências. Ele interpreta elementos de uma lista de fontes de dados compiladas para monitorar tecnologias avançadas e as suas aplicações na indústria em toda a U E a 27 e nas economias de concorrentes importantes.

A procura por tecnologias avançadas, é feita a partir de informação classificada na rede Linkedin, monitorando o número de anúncios de empregos on-line que requerem competências específicas.

Destaca-se o setor automóvel pela elevada procura que exibe relativamente a tecnologias digitais, IoT (Internet das Coisas) e Micro eletrónica.

Por outro lado, em engenharia destaca-se a procura por robótica.

No setor bancário, que tem sido pioneiro nas aplicações da tecnologia Blockchain, os dados confirmam a procura atual e futura desta tecnologia.

As competências relacionadas com a análise de dados (cloud e Big Data) são, como esperado, altamente procuradas por setores onde a informação é um ativo importante, nomeadamente o setor bancário e os serviços financeiros.

* Newsletter de outubro disponível em https://uaonline.ua.pt/upload/med/joua_m_6731.pdf

Publicidade, Serviços & Donativos