Antigo agente da PSP residente em Aveiro suspeito de tentativa de homicídio

758
Polícia Judiciária.

Um homem residente em Aveiro, antigo agente da PSP, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) da Guarda, fora de flagrante delito, por presumível autoria de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

O caso sucedeu ao início da tarde de sexta-feir passada, na localidade de Mós do Douro, no concelho de Vila Nova de Foz Côa, “na sequência de uma rixa entre vários elementos de duas famílias vizinhas, motivada por questões fúteis, decorrentes de alegados estacionamentos indevidos na via pública.”

De acordo com a PJ, “no desenvolvimento da contenda, que envolveu o recurso a armas de fogo, catanas, navalhas e gás pimenta, foi efetuado pelo menos um disparo com arma de fogo, de calibre 6.35 mm, intencionalmente direcionado a um dos envolvidos, só não o tendo atingido por mero acaso.”

A informação acrescenta que o autor do disparo “foi, entretanto, desarmado e supostamente atingido com um objeto contundente na zona da cabeça, acabando ferido e a necessitar de tratamento médico hospitalar, que lhe veio a ser prestado no Hospital da Guarda.”

Após ter recebido alta clínica, acabou detido por suspeita da autoria do crime de homicídio, na forma tentada, acima referido.

O alegado autor tem 76 anos é ex-agente da PSP, aposentado.

Presente às autoridades judiciárias, foi restituído à liberdade com medidas de coação de obrigação de apresentações trissemanais às autoridades policiais da sua área de residência habitual, no concelho de Aveiro, assim como à proibição de aceder à localidade de Mós do Douro.

A PJ adianta, ainda, que apreendeu uma pistola de calibre 6.35 mm, um revólver de calibre .32 e diversas munições, que estavam na posse do detido, bem como uma catana, uma navalha e uma embalagem de gás pimenta.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.