Além de biblioteca, Távora vai servir para espaço de promoção de Aveiro e co-work

1935
Edifício Fernando Távora, Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

A Câmara de Aveiro, através de despacho do seu presidente, deliberou adjudicar a reabilitação do edifício Fernando Távora por cerca de 1,6 milhões de euros, com um prazo de execução previsto de 365 dias a partir da data de consignação.

“Mantendo as suas características originais, a empreitada prevê abrir o rés-do-chão do edifício ao público de forma livre e reformular os seus espaços interiores para receber os serviços de biblioteca, bem como criar um espaço de promoção de Aveiro e da sua atividade económica, através de zonas de co-work e de apoio aos investidores e aos empreendedores”, refere uma nota de imprensa.

A intervenção está integrada no plano de regeneração urbana (PEDUCA), pretendendo “reabilitar um dos edifícios mais marcantes da cidade” que já foi biblioteca, arquivo e espaço Aveiro Digital, entre outros serviços, para além de servir coletividades locais.

O processo segue para ratificação do executivo municipal, em reunião de Câmara da próxima quinta-feira, e depois para assinatura de contrato e visto do Tribunal de Contas.

Comercio 780