Albergaria: Obras do Centro Coordenador de Transportes, via ciclável e centro interpretativo a concurso

2475
Centro Coordenador de Transportes, Albergaria-A-Velha.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Albergaria-A-Velha lançou a concurso público a obra de beneficiação do Centro Coordenador de Transporte (CCT) local, que se encontra já a evidenciar sinais de degradação.

O preço base do procedimento é de 283.000 euros, mais IVA, com um prazo de execução de 180 dias a contar da consignação.

Aquando da votação no executivo, o vereador Licínio Pimenta (PSD) alertou para a necessidade de recuperação a vocação do edifício.

“Mais importante que a melhoria física do imóvel, seria a necessária e prévia elaboração de um programa funcional para aquele equipamento municipal, uma vez que, caso não sofra alterações funcionais, será muito redutor, defendendo a elaboração de um plano estratégico, a fim de tirar partido da localização de Albergaria-a-Velha, que se encontra integrada em rotas rodoviárias nacionais e internacionais.”

Para o eleito social democrata, “os espaços comerciais criados aquando da construção daquele equipamento têm vindo a servir associações e empresas ali instaladas, mas não são vocacionadas para apoiar os passageiros, a quem não são facultadas as condições necessárias”.

O presidente, António Loureiro, esclareceu que o concurso intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) em matéria de transportes “ inclui e privilegia Albergaria-a-Velha, definindo uma estratégia para as carreiras principais e garantindo um maior número de carreiras, sendo o polo central de ligação para destinos nacionais e para a Europa”.

Garantiu ainda “que a obra melhora as condições e a atratividade daquele equipamento, respeitando o projeto de arquitetura original, onde será garantida uma vasta oferta de linhas de circulação”.

Nova via ciclável e centro interpretativo da pateira de Frossos

O executivo abriu outros dois concursos públicos. A nova via ciclável entre o centro do concelho e a zona industrial tem uma estimativa de custo de 348.952 euros e o prazo de execução estimado é de 180 dias.

Já a criação do centro interpretativo ambiental da pateira de Frossos tem como preço base é de 164.400 euros, a acrescer IVA, com um prazo de execução de 180 dias.

Publicidade, Serviços & Donativos