Albergaria-A-Velha: Aprovado Orçamento e Grandes Opções do Plano

1041
Albergaria-a-Velha (centro).

A Assembleia Municipal de Albergaria-a-Velha aprovou o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2022 no valor de 24 322 290 euros. Os documentos foram aprovados por maioria, com 18 votos a favor, 1 contra e 7 abstenções.

Para a Câmara Municipal as propostas de Grandes Opções do Plano e de Orçamento apresentadas pretendem “continuar a assegurar a solidez financeira da Autarquia, com recurso a diversas fontes de financiamento, sem descurar o fundamental: criar condições para melhorar a qualidade de vida dos munícipes, apoiar novos investimentos no Concelho e assegurar a preparação dos serviços para a resposta aos desafios que se colocam aos municípios”. Para a Câmara Municipal, estes desafios incluem a gestão das consequências da pandemia Covid-19, a incorporação de novas competências nas áreas da Ação Social, Educação e Saúde, bem como os desafios ambientais e em matéria de sustentabilidade.

Com o objetivo de potenciar o desenvolvimento económico e aumentar a atratividade do Concelho, vai nascer em 2022 um novo arruamento na Zona Industrial, dotado de modernas infraestruturas e redes, com mais de duas dezenas de lotes para a criação de novas empresas, num investimento municipal superior a 3,7 milhões de euros.

Na área da Educação, vai arrancar a fase 3 da Requalificação da Escola Secundária de Albergaria-a-Velha, com a intervenção a incidir no Bloco Central, que inclui os espaços sociais, administrativos e salas de aula. A EB 2,3 da Branca vai também sofrer obras de beneficiação e dar-se-á continuidade ao apetrechamento dos estabelecimentos de ensino, no âmbito do Programa Municipal de Desenvolvimento Tecnológico na Educação, apoiando as escolas na transição digital em curso.

Na Saúde, os Albergarienses podem contar com a execução da requalificação do Centro de Saúde de Albergaria-a-Velha – cujo contrato já foi celebrado com o empreiteiro para dar início à intervenção – e a construção da nova Extensão de Saúde USF Beira Vouga. Quanto à habitação, o Município vai dar um maior impulso e dinamizar a regeneração urbana com vista ao aumento da oferta de habitação para arrendamento, introduzindo benefícios para a construção no Concelho, em particular, pelos mais jovens.

No ano de 2022 vão ser desenvolvidas várias obras de requalificação urbana, com arranjos urbanísticos e intervenções em diversas vias de comunicação nas seis freguesias, sendo possível destacar a requalificação da estrada e construção de ciclovia na via que liga Nossa Senhora do Socorro a Fradelos. Outros projetos também ganharão forma no próximo ano: o Parque da Cidade, o Centro Municipal de Proteção Civil Eng. Fausto Vidal, o Centro de Recolha de Animais (que inclui o projeto de ampliação futura), o Parque da Vila da Branca, o Museu de Albergaria-a-Velha e a requalificação da Estação Ferroviária de Albergaria-a-Velha e zona envolvente.

A criação da “Cidade do Desporto” no centro de Albergaria-a-Velha está também contemplada nas Grandes Opções de Plano de 2022. Após a requalificação dos equipamentos já existentes, como a Piscina e Pavilhão Municipais, vão ser feitas intervenções nos campos de ténis, com a instalação de um novo campo e a criação de um campo de basquetebol.

A Estratégia de Sustentabilidade Albergaria-a-Verde vai continuar a ser prioridade em 2022, com o alargamento e implementação do Plano de Mobilidade, com a execução de várias vias cicláveis, entre as quais o prolongamento da via ciclável do Parque da Boca do Carreiro a Loure; a implementação de alterações em matéria de recolha de resíduos sólidos urbanos e a melhoria na recolha seletiva; a execução dos passadiços do Caima; e o início do funcionamento do Centro Interpretativo da Pateira de Frossos já no primeiro trimestre do ano.

Finalmente, a promoção da coesão social e territorial é assegurada através da manutenção de uma baixa carga fiscal sobre as famílias e empresas. A consistente e permanente redução da carga fiscal de âmbito municipal no IMI, Derrama e IRS já deixaram do lado das famílias e empresas mais de 7,3 milhões de euros nos últimos anos.

“Estamos numa fase de reabilitar, requalificar e reaprender a viver após o último ano e meio de Covid-19. Agora, mais do que nunca, é fundamental continuarmos a investir, criarmos riqueza e apoiarmos as famílias, para que todos possamos valorizar melhor a nossa terra, o nosso Concelho, o nosso património natural e cultural”, conclui António Loureiro, Presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha.

Câmara de Albergaria-A-Velha

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.