Águeda: 200 mil euros para as coletividades culturais do concelho

1053
Paços de Concelho de Águeda.
Comercio 780

A Câmara Municipal de Águeda atribuiu mais de 200 mil euros às coletividades culturais do concelho. Estas verbas decorrem de candidaturas apresentadas pelas estruturas associativas de âmbito cultural ao Programa de Apoio às Associações, Sociais, Culturais, Recreativas e Juvenis do concelho e são um contributo para o desenvolvimento das suas atividades, para apoio às escolas artísticas ou para instrumentos e fardamentos, bem como para a execução de obras de beneficiação de instalações ou outros apoios extraordinários.

“As nossas associações, tal como os demais agentes do setor cultural, têm passado por algumas dificuldades de subsistência a que não somos alheios”, começou por dizer Edson Santos, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Águeda, salientando que estes apoios têm em linha de conta não só a realidade e necessidades de cada estrutura associativa como confere um incentivo à atividade regular e formativa que as coletividades culturais desenvolvem.

As coletividades “são um ativo relevante e muito importante do nosso concelho, desempenhando um papel fundamental na dinamização da cultura e no formação cultural dos nossos jovens”, continuou Edson Santos, acrescentando que os apoios atribuídos refletem precisamente o dinamismo das associações.

Refira-se que as metodologias e critérios usados para atribuição destes incentivos referentes aos apoios regulares às coletividades culturais estão definidos no referido programa de apoio, que estabelece, de forma transparente, rigorosa e imparcial, as relações entre a Câmara e as diferentes estruturas associativas do concelho, nomeadamente as de cariz cultural, recreativa e juvenil. Este ano, submeteram candidaturas ao Programa de Apoio um total de 48 associações culturais, recreativas e juvenis e um artista individual.

Apoios aos grupos folclóricos e etnográficos do concelho

A par dos subsídios regulares às associações culturais do concelho, a Câmara Municipal de Águeda atribuiu um total de 20 mil euros aos grupos folclóricos e etnográficos do concelho.

Estes grupos, que desde março de 2020 ainda não conseguiram retomar a sua atividade regular, tanto ao nível de ensaios como de atuações, apresentam algumas dificuldades económicas, nomeadamente para conseguirem fazer a reposição de trajes e reparação de instrumentos. No seguimento de um pedido de apoio específico e extraordinário para este fim, a Câmara de Águeda atribuiu 2.500 euros para cada grupo.

Neste sentido, vão receber este apoio: Associação Cultural e Recreativa de Vale Domingos; Associação Cultural e Recreativa Os Fidalgos da Trofa; Casa do Povo de Valongo do Vouga; Centro Cultural e Recreativo de Crastovães; Grupo de Danças e Cantares de Vale Domingos; Grupo Folclórico e Etnográfico de Macinhata do Vouga; Grupo Folclórico da Região do Vouga; e Grupo Folclórico Senhora da Saúde.

Câmara de Águeda

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780