Agradecimento aos dadores de sangue do concelho de Aveiro

1088
Imagem ADASCA.
Dreamweb 728×90 – Video I

Comemora-se a 27 de março o Dia Nacional do Dador de Sangue. É neste dia que agradecemos publicamente a todos aqueles que, sem nada receberem, altruísticamente e benevolamente, ajudam a dar vida à vida, ajudam a salvar vidas.

Por Maria Escoval *

É para mim um enorme privilégio, como Presidente do Conselho Diretivo do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, ter a possibilidade de agradecer aos dadores de sangue, nomeadamente aos dadores da Associação de Dadores Benévolos de Sangue do concelho de Aveiro, ADASCA.

Quero ainda agradecer a todos aqueles que tornam a dádiva de sangue possível, estabelecendo connosco uma constante parceria, os dirigentes associativos .

Quero agradecer o vosso empenho, a vossa iniciativa, as muitas horas dedicadas ao serviço do próximo, certamente retiradas ao vosso descanso, ao vosso lazer e às vossas famílias.

Muito Obrigada! Bem Hajam!

A dádiva (de sangue, tecidos, células e órgãos) é um gesto transversal a toda a atividade do IPST, constituindo uma enorme rede de solidariedade social entre todos em Portugal, mas muitos desafios se nos colocam, as alterações demográficas com uma população envelhecida, as migrações, a pobreza, os desafios de doenças emergentes num mundo em constante mutação e particularmente os desafios da pandemia por COVID-19.

Vivemos tempos de exceção e precisamos de Pessoas de exceção! E os nossos dadores têm respondido excecionalmente às necessidades de todos aqueles que necessitam de terapêutica com sangue e componentes sanguíneos. Nestes tempos, tal como sempre, os dadores de sangue não esqueceram que a sua Dádiva é essencial à Vida.

A situação da reserva estratégica de sangue é neste momento confortável mas gostaria de relembrar que os componentes sanguíneos têm um período limitado de armazenamento; os dadores de sangue, sendo homens só podem realizar a sua dádiva de 3 em 3 meses e sendo mulheres de 4 em 4 meses e que se desconhece a evolução da pandemia.

Assim reitero o apelo a todos os dadores para que, dentro das suas possibilidades, procurem os serviços e as sessões de colheita de sangue de forma regular e faseada ao longo do tempo, uma vez que só assim será possível continuar a garantir as condições de distanciamento social, um melhor atendimento ao dador e a distribuição constante e regular de unidades de sangue aos hospitais.

As comemorações do Dia Nacional do Dador de Sangue são este ano diferentes mas o nosso MUITO OBRIGADA é igual ao de Sempre! Sem a vossa oferta do “dom da vida” muitas vidas ter-se-iam perdido!”

* Presidente do Conselho Directivo do IPS. Menssagem enviada à ADASCA, associação que realiza mais de 110 sessões de colheitas de sangue por ano, onde ocorrem mais de 4.000 candidatos à dádiva de sangue.

Sábado, dia 27 de Março, a ADASCA organiza entre as 9:00 e as 13:00 uma sessão de colheitas, desta vez em parceria com os Bombeiros Velhos de Aveiro, onde tem lugar a iniciativa. Apoio da Câmara Municipal de Aveiro e AlticeLabs de Aveiro.

 

 

 

Publicidade, Serviços & Donativos