Futebol / CdP: Beira-Mar acaba com jejum de vitórias caseiras frente ao Guarda Desportiva (3-1)

1331
Beira-Mar - Guarda Desportivo.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Beira-Mar alcançou, este domingo, à oitava jornada do Campeonato de Portugal, a sua primeira vitória caseira, por 3-1 (2-1 ao intervalo), sobre o Guarda Desportiva, último classificado da série B, numa partida marcada, ainda, pela lesão do guarda-redes local, Diogo Almeida, que sofreu uma luxação no cotovelo do braço direito (paragem que pode rondar mês e meio).

A equipa aveirense, que pôs fim a dois empates seguidos e quatro jogos sem vencer na prova, segue em quinto lugar com 12 pontos, os mesmos de Leça e Valadares, e a quatro do terceiro classificado, o Gondomar, que foi ao reduto dos leceiros ganhar por 0-2.

O treinador da casa fez três mudanças no onze relativamente à jornada anterior, com as chamadas de Rui Sampaio, Leandro Borges e Carlos Neto para as vagas de Kiko (castigado), Drula (opção) e Marcelo (castigado).

O Beira-Mar entrou muito pressionante. Fábio Matos começou cedo a mostrar segurança na baliza visitante, mas nada pôde fazer quando um mau alívio defensivo ditou o primeiro golo dos locais, aos sete minutos, por intermédio de Rafa Fonseca (estreia a marcar no campeonato).

O Guarda Desportiva ‘abafou’ os festejos dos adeptos locais no lance seguinte, com a defesa da casa também a facilitar na pequena área. Após um cruzamento, Renato Silva rematou a bola para o fundo da baliza.

Os beiramarenses continuaram a ser a equipa mais ofensiva. Ao quarto de hora, Leandro Vieira, num remate, obrigou Fábio Matos a defesa apertada para canto. Depois, Carlos Neto, na área, cabeceou ao lado, quando tinha Rafa atrás de si melhor posicionado. Rui Sampaio, aos 30 minutos, tentou surpreender com um remate de fora da área, mas o guarda-redes estava atentou e segurou a bola.

Dominante, o Beira-Mar teve uma terceira boa ocasião para se colocar em vantagem, após um cruzamento de Jota a que Rafa correspondeu de cabeça, falhando o alvo por pouco. Depois, Jota, assistido por Leandro Vieira, rematou por cima da trave.

O 2-1 chegou perto do intervalo, num lance em que Rui Sampaio recebeu a bola na pequena área de costas para a baliza e finaliza de calcanhar.

Depois do intervalo, o Guarda Desportiva conseguiu algum ascendente em busca do empate. Castillo deu sinal de vida num remate que saiu ao lado.

Ao quarto de hora da segunda parte, o Beira-Mar teve uma baixa forçada. Diogo Almeida afastou a bola a punhos e foi chocar com um jogador, ficando lesionado no braço direito (luxação do cotovelo). Acabaria por sair directamente para a ambulância, que o transportou ao hospital.

Aos 20 minutos, o terceiro do Beira-Mar esteve muito perto de acontecer por duas vezes no mesmo lance: Carlos Neto, primeiro, viu o golo negado pelo guarda-redes, e, depois, Artur, na segunda bola, atirou por cima da barra.

A formação da Guarda, numa fase em que ainda dava réplica, poderia ter empatado num remate traiçoeiro, valendo a atenção do guarda-redes Frade.

O 3-1 acabaria por chegar quando o Beira-Mar estava plenamente no comando do jogo. Luís Felipe combinou com Neto e este colocou na área, onde surgiu Vieirinha a rematar de primeira (segundo golo no campeonato). Até ao apito final, os aurinegros ainda dispuseram de oportunidades para chegar à goleada, mas faltou pontaria.

Lourosa alcança em Resende a segunda vitória no campeonato

O Lourosa foi a Castro Daire vencer por 0-2, após dois empates.

Os lusitanistas seguem em nono lugar, com 10 pontos, a um do Marítimo B. que venceu em casa ao GD Resende

Ficha de jogos, resultados e classificação via FPF.

Facebook Campeonato das Oportunidades

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.