ACA lamenta suspensão de apoio a micro-empresas e pede reforço das verbas

1101
Centro de Aveiro.

A Associação Comercial do Distrito de Aveiro (ACA) “lamenta” o anúncio da suspensão do Programa Adaptar Micro-Empresas em todo o país e ainda a suspensão do Adaptar PME no Programa Ooperacional de Lisboa.

“Como dissemos em tempo útil, as dotações previstas para este Sistema de Incentivos, eram manifestamente insuficientes para fazer face às necessidades de adaptação das empresas ao surto Covid-19”, refere a tomada de posição.

A ACA lembra que “estão em causa, essencialmente, micro-empresas, que iniciaram ou vão iniciar a sua atividade, depois de dois meses sem receitas, num quadro de enorme incerteza quanto à rentabilidade dos seus negócios, mas assumindo desde já um conjunto significativo de custos inerentes a essa abertura”.

Por isso, encerrar as candidaturas ao Adaptar Micro-Empresas “num momento em que apenas foram apresentadas cerca de 17 mil candidaturas num universo de mais de 100.000 micro-empresas, é deixar de fora a esmagadora maioria das micro-empresas, sendo da mais elementar justiça que sejam reforçadas as dotações destes avisos”.

Artigo relacionado

IAPMEI confirma que programa Adaptar para apoio a microempresas está esgotado

Publicidade, Serviços & Donativos