Apresentação   |    Estatuto editorial   |    Conteúdos na mão   |    Correspondentes   |    Publicidade   |    Contactos   |    Newsletter
Entrar   |    Registe-se   |    Ajuda
Aveiro, Portugal
Quinta-Feira, 16 Agosto 2018
18 ºC
Pouco nublado
Siga-nos!    Siga-nos!    Mypub gestor online publicidade
Onde Estou? Página Inicial » Actualidade » Noticiário
Pesquisar
"É com muito gosto que vemos as pessoas dialogarem, essa é a minha filosofia e desta maioria" - Ribau Esteves
15 mai 2018, 00:21

Presidente garantiu que esteve a par do encontro do PSD e do PS, afastando qualquer tipo de constragimento, pelo contrário.

Um comunicado conjunto das estruturas locais ´laranja´ e ´rosa´ relata a reunião destinada a apresentação de cumprimentos que terminou com o compromisso de alargar a reflexão para criar uma "agenda de assuntos estratégicos para Aveiro".

"Incómodo é não haver este tipo de ações", começou por reagir Ribau Esteves quando chamado a comentar a mini-cimeira entre os dois principais partidos no concelho de Aveiro.

Deixa, contudo, uma ressalva ao raro momento de diálogo encetado entre as partes: "agora é bom ter consciência que a nossa Câmara é que lidera o processo político, também a nível estratégico".

O edil lembra que também é uma das suas preocupações "desafiar toda a gente a participar" nos debates locais. "Faço-o tantas vezes, por exemplo na revisão do Plano Diretor Municipal, nas discussões mais complexas ou fáceis. Por isso, fico muito satisfeito quando há reação a esse respeito", disse, não se sentido posto em causa pela concelhia do PSD.

Quanto às conversas entre sociais democratas e socialistas rumo a entendimentos sobre temas importantes para Aveiro, Ribau Esteves diz não ter confiança no maior partido da oposição, baseando-se em antecedentes. "Só espero que haja consequências e, de facto, da parte do PS é o que sabemos: conversa, conversa e consequências nada", criticou.

"O PS faz de conta que quer diálogo e conversa construtiva, mas depois a consequência prática é zero"

A iniciativa da reunião partiu do PS. "O PSD aceitou e fez muito bem. O PS convidou o PSD para apresentar cumprimentos, há dois anos Manuel Oliveira de Sousa fez o mesmo convite só que não obteve resposta. A reunião tem mais de dois semanas, sei dessa reunião, só agora saiu o comunicado", explicou o presidente do município.

Ribau Esteves incentiva a prática e lembra o exemplo da Câmara: "É com muito gosto que nós vemos as pessoas dialogarem, estarem disponíveis para o exercício político, mas essa é a minha filosofia e desta maioria", disse.

"Aquilo que é importante é sabermos se da parte do PS os atos bons são depois consequentes nas decisões e aquilo que sabemos é que não. Em regra, o PS faz de conta que quer diálogo e conversa construtiva, mas depois a consequência prática é zero ou abaixo de zero, como todos tempos boa consciência", voltaria a criticar.

"Agora que haja diálogo entre as instituições pois com certeza, eu próprio reuni com o presidente do PS quadro das condecorações, estas plataformas de diálogo funcionam. Não faço é notas de imprensa sempre que estou reunido com os partidos", acrescentou.

Ribau Esteves também comentou o discurso do Dia da Cidade feito pelo presidente da Assembleia Municipal, Luís Souto, curiosamente a insistir para uma reflexão que permita, justamente, definir uma "união estratégica a bem do município".

"O presidente da Assembleia Municipal trabalha comigo diariamente. O que disse no Dia da Cidade tem todo o sentido do mundo, está absolutamente em linha com o que estamos a fazer, aqui não é o partido da Assembleia Municipal, somos do mesmo partido, somos Aliança com Aveiro, portanto estamos em absoluta sintonia", garantiu o edil.

"Às vezes é que aquilo que eu refiro, em termos estratégicos, que a estratégia está definida e as parcerias em desenvolvimento, etc., é que não se dá a devida repercursão. Naturalmente, o presidente da Câmara é quem toma decisões e algumas delas geradoras de discordâncias. O presidente da Assembleia não, mais facilmente está numa ambiência estratégica. Mas somos equipa. O discurso do presidente Luís Souto podia ser assinado por mim e o meu assinado por ele certamente", concluiu.

Tags:
Notícias Relaccionadas
14 mai 2018, 11:26 PSD e PS vão trabalhar em "agenda de assuntos estratégicos para Aveiro"
Classifique esta notícia:  Sem classificação
  Comentar Artigo   Imprimir Artigo   Enviar Artigo   Partilhar Artigo
0 Comentário(s)
Galerias Relacionadas:
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Outras Informações:
Visualizações: 525
Tamanho do texto: A- A+

Últimos Vídeos
Mais comentadas
Mais lidas
Inquérito »