Apresentação   |    Estatuto editorial   |    Conteúdos na mão   |    Correspondentes   |    Publicidade   |    Contactos   |    Newsletter
Entrar   |    Registe-se   |    Ajuda
Aveiro, Portugal
Segunda-Feira, 11 Dezembro 2017
8 ºC
Pouco nublado
Siga-nos!    Siga-nos!    Mypub gestor online publicidade
Onde Estou? Página Inicial » Actualidade » Noticiário
Pesquisar
Associações de nadadores salvadores ainda com vagas para as praias da região
18 mai 2017, 23:20

A menos de um mês da abertura da época balnear, multiplicam-se os anúncios com pedidos de emprego para nadadores salvadores.
 
Os concessionários e associações estão ainda com diversas vagas por preencher.  A exigência de contrato afasta muitos potenciais candidatos também na Região de Aveiro.

A cada verão que passa, André Baroet, coordenador da Resgatílhavo, admite que "tem mais dificuldades" em fazer as escalas de serviço no apoio a banhistas.
 
A associação precisa de 35 nadadores salvadores para vigiar praias de Mira a Ovar (assumindo a maior extensão de concessões da Capitania do Porto de Aveiro) e ainda existem muitos lugares.

Um curso aberto em Ílhavo à última da hora ainda pode ajudar a resolver o problema. "Estamos a contar conseguir recrutar alguns e, se as pessoas quiserem trabalhar, à partida, estaremos safos mais uma vez", afirmou André Baroet.

Já a Salv´Aqua - Associação de Salvamento Aquático e Assistência a Banhistas, sediada na praia da Torreira, que atua em S. Jacinto, a Sul da praia de Cortegaça e na Ria de Aveiro, já só tem apenas três vagas por preencher em 18 postos de trabalho previstos. A expetativa é ocupar os lugares em falta proximamente.

Uma das explicações para a falta de interessados prende-se com o regime laboral, apesar de persistir alguma concorrência desleal.
 
A exigência de contrato de trabalho tem afastado muitos nadadores salvadores não profissionais, sobretudo estudantes, que continuam a ser o grosso dos que asseguram o serviço no Verão. Têm de ponderar a perda de benefícios, por exemplo, para efeitos de primeiro emprego ou mesmo em termos fiscais no que toca ao agregado familiar.    

"Nós somos fiscalizados pela Autoridade para as Condições de Trabalho, mas sabemos que existem zonas do País onde ainda se paga a recibo verde ou mesmo informalmente", referiu o coordenador da Resgatílhavo

A necessidade de garantir antecipadamente nadadores salvadores está a levar os concessionários a ´abrir os cordões à bolsa´ em certas zonas do país, que são mais fortes do ponto de vista balnear. No Algarve já se recebe acima dos 1000 euros, com a vantagem de uma época mais longa. O recurso a nadadores salvadores brasileiros também não é novidade.

Tags:
Notícias Relaccionadas
Classifique esta notícia:  Sem classificação
  Comentar Artigo   Imprimir Artigo   Enviar Artigo   Partilhar Artigo
0 Comentário(s)
Galerias Relacionadas:
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Outras Informações:
Visualizações: 1052
Tamanho do texto: A- A+

Últimos Vídeos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Apartamento T2
Venda - Novo
Aveiro
Águeda, Recardães
Consultar Imóvel »
Terreno
Venda -
Aveiro
Oliveira do Bairro, Bustos
Consultar Imóvel »
Quartos   
Inquérito »