Apresentação   |    Estatuto editorial   |    Conteúdos na mão   |    Correspondentes   |    Publicidade   |    Contactos   |    Newsletter
Entrar   |    Registe-se   |    Ajuda
Aveiro, Portugal
Segunda-Feira, 11 Dezembro 2017
8 ºC
Pouco nublado
Siga-nos!    Siga-nos!    Mypub gestor online publicidade
Onde Estou? Página Inicial » Actualidade » Comunicados
Pesquisar
Comunicado da Associação dos Amigos do Museu de Aveiro (AMUSA)
10 mar 2015, 00:07

Nestes últimos dias muito se tem falado sobre a passagem do Museu de Aveiro para a gestão da Câmara Municipal e sobre a petição pública iniciada pela AMUSA, tendo mesmo alguns partidos políticos e notáveis figuras públicas manifestado a sua posição.

Em primeiro lugar, a AMUSA é uma Associação apartidária e nenhum dos elementos que compõem os seus órgãos sociais são militantes activos de qualquer partido político.

Em segundo lugar, a posição assumida pela AMUSA não é contra a Câmara Municipal ou a actual tutela, sendo falsa qualquer leitura que queira atribuir contornos politico-partidários a esta questão, que se esgrime numa esfera séria e fundamentada, pugnando pelo enquadramento do museu junto dos seus congéneres nacionais.


Em terceiro, defendemos que o Museu de Aveiro deve estar na esfera dos outros Museus Nacionais, dado o seu interesse histórico, a sua importância cultural e as notáveis colecções de temática ou função sacra, integrando núcleos de pintura, escultura, talha, azulejaria, ourivesaria, mobiliário e paramentaria, os quais são na maioria provenientes do Convento de Jesus ou de outros conventos extintos da cidade e do País, documentando épocas diversas, desde o século XV ao século XX, com relevância para o período barroco. São razões mais do que suficientes para que este Museu seja tratado com a dignidade que merece e tenha a denominação MUSEU NACIONAL DE SANTA JOANA DE AVEIRO.

Em quarto, e último lugar, a AMUSA, ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO MUSEU DE AVEIRO, foi fundada em 1991 por um grupo de aveirenses amantes da sua terra, para a defesa do prestígio e engrandecimento do MUSEU DE AVEIRO. Já em 2012, quando o Museu passou do Instituto Nacional dos Museus e da Conservação, IP, para a tutela da Direcção Regional de Cultura do Centro (DRCC) manifestou o seu desagrado e preocupação, tendo nessa mesma altura diversas figuras vindo a público contra esta decisão.

Assim, a AMUSA, voltamos a referir, não está contra a Câmara nem contra a DRCC e muito menos está contra as pessoas que gerem estes organismos, aquilo que procuramos e queremos é de que o Museu de Aveiro tenha a denominação NACIONAL e que se mantenha sob a alçada da DGPC – Direcção Geral do Património Cultural, e que não seja utilizado em “guerras” políticas.

Pensamos que será possível o entendimento entre todas as partes envolvidas para que o Museu de Aveiro não perca a sua importância Local, Nacional e Internacional e consiga cada vez mais ganhar a notoriedade e importância merecidas.

Acresce ainda que o Retrato de Santa Joana, bem como o Órgão do Coro Alto, estão classificados como Tesouros Nacionais e o Edifício do Museu está classificado, compreendendo a sua igreja e Túmulo de Santa Joana Princesa, cujo culto, que advém da presença das suas relíquias no museu, constitui um património imaterial da maior relevância, permanecendo actual.

AMUSA

Tags:
Notícias Relaccionadas
24 jun 2015, 18:41 Aveiro: Executivo aprovou municipalização do Museu Santa Joana com voto de qualidade do presidente
31 ago 2017, 10:47 Museu de Aveiro: Aumento de visitantes após municipalização convence AMUSA
Classifique esta notícia:  Sem classificação
  Comentar Artigo   Imprimir Artigo   Enviar Artigo   Partilhar Artigo
0 Comentário(s)
Galerias Relacionadas:
  0 foto(s)
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Outras Informações:
Visualizações: 806
Tamanho do texto: A- A+

Últimos Vídeos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Apartamento T4 DUPLEX
Venda - Novo
Aveiro
Aveiro, Vera Cruz
Consultar Imóvel »
Apartamento T3
Venda - Usado
Aveiro
Aveiro, Vera Cruz
Consultar Imóvel »
Quartos   
Inquérito »